Santa Cruz deu a maior votação a Bolsonaro em toda a região

O candidato Jair Bolsonaro foi o mais votado em Santa Cruz do Rio Pardo

Candidato da direita recebeu
68,16% dos votos do município

O movimento eleitoral na tarde de domingo foi muito tranquilo nas seções

O candidato a presidente Jair Bolsonaro conquistou em Santa Cruz do Rio Pardo o maior índice de votação de toda a região. Com 16.684 votos, ele atingiu a preferência de 68,16% dos votos, índice que não foi superado por nenhuma outra cidade. Ao mesmo tempo, o candidato do PT, Fernando Haddad, que vai disputar o segundo turno com Bolsonaro no próximo dia 28, teve em Santa Cruz um de seus piores desempenhos, com 1.657 votos, ou 6,77% do eleitorado. Haddad foi o quarto colocado no município, atrás de Alckmin (9,51%) e Ciro Gomes (9,04%).
A baixa votação do PT não é novidade em Santa Cruz, que possui um eleitorado tradicionalmente conservador. Em 2002, por exemplo, no primeiro turno das eleições presidenciais, o candidato a presidente Lula ganhou em praticamente todas as cidades da região, mas perdeu para José Serra (PSDB) em Santa Cruz do Rio Pardo por 94 votos.
Em 2010, na eleição de Dilma Rousseff (PT) a presidente, o candidato derrotado José Serra (PSDB) bateu um dos recordes de votação justamente em Santa Cruz, onde abocanhou 73,81% dos votos, índice que não foi batido nem por Bolsonaro no último domingo.
Assim, a disputa em Santa Cruz do Rio Pardo ficou restrita à eleição para governador, com uma polarização entre o primeiro colocado João Dória (PSDB), que conquistou 6.675 votos (30,88%) e Márcio França, o segundo, com 6.515 votos (30,14%). França foi apoiado pelo prefeito Otacílio Parras (PSB), mas não conseguiu a vitória na cidade.
Fato oposto aconteceu em Ipaussu, onde o prefeito Sérgio Guidio (PTB) também apoiou Márcio França e levou o candidato a governador à primeira colocação, com 51,58% dos votos. O segundo colocado foi Dória, que bateu em 24,86%.
Paulo Skaf (MDB), que ficou em terceiro na corrida para governador, venceu em alguns municípios da região, como Ourinhos — o maior colégio eleitoral —, onde ficou com 30,91% dos votos.
O candidato a presidente pelo PT, Fernando Haddad, foi o segundo em Ourinhos e outras cidades da região. Seu melhor desempenho aconteceu em Espírito Santo do Turvo, onde alcançou 26,58% dos votos.
O grande derrotado nas eleições do último domingo foi o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), que teve um desempenho fraco em todas as cidades da região. Em Santa Cruz do Rio Pardo, porém, ele foi o segundo colocado com 9,51% dos votos, mas muito aquém da votação de Jair Bolsonaro.

Sobre Sergio Fleury 4568 Artigos
Proprietário e Editor do Jornal Debate