Civil fecha cassino clandestino e apreende seis caça-níqueis

Veículo da Polícia Civil em frente à residência onde estavam localizados os aparelhos caça-níqueis

Seis pessoas foram detidas pela operação,
que foi dividida em duas partes pela polícia

A Polícia Civil de Ipaussu fechou, na tarde de sexta-feira, 24, um cassino clandestino que funcionava na cidade. Na operação, dividida em duas partes, seis pessoas foram detidas, e máquinas caça-níqueis, apreendidas. Não foram divulgados nomes de envolvidos.
Os policiais se dividiram em dois grupos e cumpriram mandado de busca e apreensão em dois locais. O primeiro deles foi num bar. O segundo, na residência ao lado.
No bar, a Civil encontrou dinheiro e outros documentos. Entre os papéis, foram encontrados um pagamento de aluguel — que se referia à casa ao lado — e comprovações de aposta do ‘jogo do bicho’.
A investigação acredita que a residência servia para que o proprietário do estabelecimento escondesse a prática de jogos de azar.
Já na casa ao lado, a Civil apreendeu seis máquinas de jogos de azar, conhecidas como ‘caça-níqueis’, proibidas no Brasil. No local, havia cinco pessoas, entre 20 e 50 anos, que participavam de um churrasco no momento. Questionadas, não souberam responder o que faziam ali. Foram detidas junto com o proprietário do bar e deverão recorrer em liberdade.

  • Publicado na edição impressa de 26/05/2019
Sobre Sergio Fleury 4567 Artigos
Proprietário e Editor do Jornal Debate