Prefeitura gasta R$ 1,2 mi com ‘patrocínio’ da 53ª Fapi

O prefeito Lucas Pocay autorizou “patrocínio” de R$ 1,2 milhão na Fapi

Sem licitação, prefeito pátrocina
empresa que organiza o evento

O prefeito de Ourinhos, Lucas Pocay (PSD), autorizou um “patrocínio” de R$ 1.222.000,00 para a empresa “Extreme Motor Clube” durante a realização da 53ª Feira Agropecuária e Industrial — Fapi —, que começou na última sexta-feira, 7. A administração não deu informações sobre as condições do contrato, mas ressaltou que o valor é menor do que o repassado em anos anteriores.
Tudo indica que a “Extreme” seja a empresa promotora da Fapi de Ourinhos, conforme noticiou o site “Passando a Régua”. A assessoria do prefeito Lucas Pocay se limitou a informar que o valor sugerido para o patrocínio era maior, mas caiu após negociações. Não há informações sobre a realização de licitação. Além disso, no valor não constam despesas com manutenção do recinto “Olavo Ferreira de Sá” ou cessão de servidores. Porém, o contrato determina uma prestação de contas 120 dias após o evento e a ampla divulgação do nome “Ourinhos”.
Os gastos públicos com festas particulares estão sendo cada vez mais contestados na região. Santa Cruz, por exemplo, gasta aproximadamente R$ 600 mil com a manutenção do recinto e contratação de shows para uma festa de peão particular.

  • Publicado na edição impressa de 09/06/2019
Sobre Sergio Fleury 4971 Artigos
Proprietário e Editor do Jornal Debate