Município está há 13 dias sem novos casos de dengue

A dengue perdeu força em Santa Cruz após epidemia

Diego Singolani
Da Reportagem Local

O último balanço sobre a situação da dengue em Santa Cruz do Rio Pardo, divulgado pela secretaria de Saúde na sexta-feira, 2, indica que a epidemia da doença foi controlada no município. Desde o dia 23 de junho, nenhuma ocorrência positiva foi registrada. No ano, o saldo é de 603 casos confirmados. Além dos mutirões de limpeza e campanhas de conscientização, a queda nas temperaturas contribuiu para que a proliferação do mosquito transmissor recuasse.
De acordo com dados oficiais da secretaria de Saúde, o ápice da epidemia aconteceu no mês de maio, com 289 casos confirmados em Santa Cruz. Desde então, os números caíram drasticamente até atingirem a estagnação. Os bairros mais afetados foram o Centro, com 101 casos, Santa Aureliana, 50, Vila Saul, 45, e Parque das Nações, com 40.
Apesar da diminuição de casos de dengue no inverno, o setor epidemiológico continua o trabalho de fiscalização. De acordo com a prefeitura, 22 notificações foram emitidas até o momento para imóveis onde focos de pragas e criadouros do mosquito Aedes aegypti foram localizados. A principal ação para prevenção da dengue é evitar o nascimento do mosquito. A regra básica é não deixar a água, principalmente limpa, parada em qualquer tipo de recipiente.

  • Publicado na edição impressa de 04/08/2019
Sobre Sergio Fleury 5353 Artigos
Proprietário e Editor do Jornal Debate