Imagem de cruz no céu durou poucos segundos

A foto de Giovana foi tirada no topo do edifício “Abelardo Guimarães”

Dentista conseguiu tirar foto inusitada

A cirurgiã dentista Giovana Zanoni Lanfranchi teve poucos segundos para tirar uma fotografia de uma cruz que se formou no céu de Santa Cruz do Rio Pardo no último dia 25 de julho. O fenômeno causou impacto na cidade e há até quem atribui o fato a temas religiosos. Segundo a avó de Giovana, Maria José Zanoni, ela estava no topo do edifício “Abelardo Pinheiro Guimarães” quando tirou a foto com o celular. “Na segunda, a cruz já estava se desfazendo”, contou “Zezé” Zanoni. A imagem apareceu em Santa Cruz no final da tarde.
Outras pessoas também fizeram imagens da cruz, como Dani Reginaldo Ferrari, que conseguiu fotografar o fenômeno no bairro rural da Figueira.
Para a Ciência, a imagem no céu pode ser explicada pelo acúmulo de nuvens.
O aviador Fernando Xavier, por exemplo, recebeu esta informação através de um amigo, que é piloto profissional. Segundo ele, a imagem é explicada como a formação de um ciclone, sem sem energia suficiente. “Ele me disse é o caso de nuvens mais pesadas”, disse.
Já Juliana Mesquita, que trabalhou um site de meteorologia, afirmou que o fenômeno é simplesmente uma nuvem fazendo sombra na outra. Segundo ela, esta explicação foi dada por um meteorologista.
De qualquer forma, a cruz sobre Santa Cruz foi um fenômeno de rara beleza, que encantou quem teve a oportunidade de ver.

  • Publicado na edição impressa de 04/08/2019
Sobre Sergio Fleury 4458 Artigos
Proprietário e Editor do Jornal Debate