‘Centro da Mulher’ vai ser entregue em outubro

DEMORA PREVISTA — Reforma no prédio começou em maio de 2017

Anúncio foi feito pelo candidato
lançado pelo prefeito Otacílio

O “Centro de Saúde da Mulher”, que está sendo construído na antiga “Maternidade Maria Perpétua Piedade Gonçalves”, deverá ser inaugurado em outubro deste ano. O anúncio foi feito pelo secretário de Saúde do município, Diego Henrique Singolani Costa, que na semana passada foi anunciado pelo prefeito como candidato à sucessão municipal de 2020. A obra, iniciada em 2017, estava prevista para ser inaugurada em maio do ano passado, mas houve atrasos.
Segundo o secretário, a reforma do prédio da antiga maternidade está em fase de conclusão. O município já está organizando os fluxos de atendimento, imobiliário e equipe. “Provavelmente em outubro, quando há a grande campanha do ‘Outubro Rosa’, eu quero, como secretário, entregar mais este serviço à população”, disse.
A antiga maternidade foi retomada pelo município através de um acordo entre o município e os antigos médicos da instituição, com recomendação do Ministério Público. Os proprietários cederam e entregaram o prédio, mas nunca aceitaram os termos do acordo.
O hospital funcionava desde a década de 1950 e era particular, embora uma ala atendesse pelo antigo INPS (atual SUS). Entre seus sócios, teve no começo o renomado Luiz Carlos Famadas, do Rio de Janeiro, que dava atendimento no local algumas vezes por mês. Outro que vinha a Santa Cruz com regularidade, para atender na antiga maternidade, era o oftalmologista Doreto Campanari, de Marília, que se tornou deputado estadual e federal.
Em 2013, a antiga maternidade não suportou a concorrência e fechou as portas. Foi, então, que o prefeito Otacílio Parras alegou que o prédio havia sido construído com dinheiro público e pediu a sua devolução.

  • Publicado na edição impressa de 11/08/2019
Sobre Sergio Fleury 4727 Artigos
Proprietário e Editor do Jornal Debate