Aluna da ‘Zilda’ é destaque em olimpíadas da Educação

A estudante Fernanda Mendes Bernardino: aos 14 anos, finalista da Olimpíada de Astronomia

Estudante de 14 anos do Ensino Fundamental vai à
ultima fase e tem chances de disputar título no exterior

Sérgio Fleury Moraes
Da Reportagem Local

A estudante Fernanda Mendes Bernardino, 14, foi aprovada nas etapas finais da Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA) e, caso mantenha a performance, tem chances de disputar a olimpíada internacional no exterior, com data ainda indefinida. De quebra, Fernanda também passou de fase na Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM) e está quase entre as finalistas. “Ela é uma aluna brilhante”, resume a professora Terezinha Carvalho de Andrade, que representa a OBA na escola “Zilda Comegno Monti”.
A escola estadual de Santa Cruz do Rio Pardo sempre incentivou os estudantes a participarem das olimpíadas e já conquistou medalhas. “Mas é a primeira vez que uma aluna nossa vai disputar as etapas finais, o que nos enche de orgulho”, diz Terezinha.
A professora disse que todos na escola estão torcendo para que Fernanda se classifique para a competição internacional de astronomia. “Sem dúvida, ela é um destaque da nossa escola. É uma aluna compromissada, estudiosa e bastante determinada”, resumiu.
Segundo Terezinha, a “Zilda” se preocupa com o desempenho de seus alunos e, por isso, possui vários programas educacionais ao longo do ano, estimulando a leitura, teatro, música e promove, inclusive, feiras científicas. “Nós disponibilizamos o material e incentivamos muito a pesquisa. Acho que a Fernanda vai ajudar outros alunos da escola pela experiência nas olimpíadas”, afirmou.

A professora Terezinha diz que a aluna se destaca na “Zilda”

Gosto pela leitura

Fernanda Mendes Bernardino, 14, moradora do Jardim Brasília, cursa o 9º ano do Ensino Fundamental e disse que adora estudar. “Principalmente matemática, pois tudo é mais exato. Adoro os números e eles chamam muito minha atenção”, afirmou.
A estudante lembra que não queria ser apenas mais uma a disputar a OBA — Olimpíada Brasileira de Astronomia. “Eu estudei de verdade. Planejei meu tempo para poder estudar um pouco antes das provas”, contou Fernanda. No entanto, ela admite que não tinha muitas esperanças de passar de fase.

LEITURA — Fernanda diz que gosta de ler; segundo professores, ela “devora” livros da biblioteca

A aprovação, entretanto, empolgou tanto Fernanda que ela agora quer conseguir a vaga para disputar a olimpíada internacional.
As professoras de Fernanda lembram que ela costuma ler livros até mesmo nos intervalos das aulas. “Na biblioteca, é difícil um livro que ela ainda não leu”, lembra Genoveva de Fátima Augusto Oliveira, que nem tem Fernanda como sua aluna, mas não deixa de admirá-la. “Ela só tira dez”.
A professora lembra que os colegas das classes, ao saber que uma aluna da “Zilda” foi destaque na olimpíada, disparam: “Só pode ser a Fernanda”.
Brincadeiras à parte, Fernanda Mendes reconhece que é tímida e usa a leitura para “distrair a cabeça”. Ela lê de tudo, desde literatura clássica a obras técnicas. “Ler é muito legal porque sempre tem um assunto diferente, uma novidade”, diz. Quando não está lendo ou estudando, a estudante gosta de assistir novelas, noticiários e desenhos na televisão.
Fernanda diz que não costuma sair aos finais de semana com as amigas, mesmo porque só tem 14 anos. “Eu vou ao sítio da minha avó, quando a família toda se reúne”.
A jovem de Santa Cruz tem outra justificativa para o destaque na escola. Os pais, Eleandro e Ana Paula, incentivam a filha para os estudos e a leitura. “Minha mãe sempre me dá dicas sobre livros e meu pai liga a TV na hora das notícias”, diz. Ana Paula, por sinal, está cursando uma nova faculdade e sonha com a concessão de uma bolsa de estudos para a filha, que no próximo ano entra no Ensino Médio.
Fernanda planeja se formar em Odontologia. “Quero ser dentista, mas acho que ainda é cedo para definir. Posso mudar de opinião”, diz. “Acho que o segredo é se desafiar a todo instante e tentar se superar a cada momento”, afirma.

  • Publicado na edição impressa de 18/08/2019
Sobre Sergio Fleury 4589 Artigos
Proprietário e Editor do Jornal Debate