Homem morre carbonizado na própria casa em Espírito Santo

TRAGÉDIA — Incêndio destruiu totalmente a casa e matou Delmir Andrade

Polícia suspeita que o fogo começou com bituca de cigarro;
morador de Espírito Santo do Turvo estava doente e acamado

Um homem de 58 anos morreu carbonizado na manhã de sábado, 7, durante o incêndio de sua casa no bairro Jardim Zanata, em Espírito Santo do Turvo. A suspeita é de que as chamas começaram por causa de uma bituca de cigarro. Acamado, o homem não conseguiu fugir a tempo.
Delmir Natal de Andrade havia sofrido um AVC recentemente e estava com a mobilidade reduzida. Às 7h44 da manhã de sábado, o Corpo de Bombeiros de Santa Cruz do Rio Pardo foi acionado para atender a ocorrência de incêndio em sua casa. O imóvel foi completamente destruído pelas chamas.
Uma equipe do Samu e os plantonistas do programa “Saúde 24 horas”, da prefeitura de Espírito Santo do Turvo, também auxiliaram nos trabalhos, mas quando o fogo foi controlado a vítima já estava carbonizada. As causas do incêndio ainda serão investigadas pela Polícia Civil.
Em depoimento, a mulher de Delmir disse que estava no quintal quando percebeu a fumaça dentro da residência. “Eu tinha acabado de trocar ele e sai para lavar roupas. Ele fuma e por isso acredito que ele tenha derrubado o cigarro no colchão ou ateado fogo com o isqueiro”, disse. Ela ainda contou aos policiais que, quando percebeu a fumaça, correu: “Entrei e então vi que havia fogo nele e na cama. Peguei um balde com água, mas o fogo já estava muito forte e não consegui tirar ele de lá”, relatou a mulher, em choque.

  • Publicado na edição impressa de 08/09/2019
Sobre Sergio Fleury 4589 Artigos
Proprietário e Editor do Jornal Debate