Escola promove caminhada de apoio ao ‘Setembro Amarelo’

Cartazes e mensagens foram produzidas pelos próprios alunos da escola

Estudantes e professores foram às ruas
alertar sobre a depressão e o suicídio

Alunos entregaram panfletos nas ruas

André H. Fleury Moraes
Da Reportagem Local

Cerca de 280 alunos da escola ‘Sinharinha Camarinha’ saíram às ruas na manhã da última sexta-feira, 27, numa verdadeira campanha pelo Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio. O trabalho, na verdade, envolveu toda a escola —– que conta com 840 alunos — com a produção de cartazes, textos e mensagens a toda a sociedade como forma de conscientização sobre o problema, que aflige, muitas vezes, os próprios jovens
Segundo a coordenadora da ‘Sinharinha’, Paola Diniz de Mendes Araújo, a escola realizou um trabalho minucioso, e até detectou casos suspeitos dentro da própria instituição. “Para combater, trabalhamos muito com literatura, produção de textos. Foi lindo”, disse ela.
A saída às ruas levou o nome de “Caminhada pela Vida” e reuniu alunos dos 8º e 9º anos. Com faixas e cartazes produzidos em sala, a população recebeu bem a passeata, com até fotos publicadas nas redes sociais parabenizando a ‘Sinharinha’.
A pretensão, segundo Paola, é repetir o feito no próximo ano. “Deu muito certo. Com algumas coisas diferentes, queremos propagar a mesma mensagem em 2020”, disse a coordenadora.

  • Publicado na edição impressa de 29/09/2019
Sobre Sergio Fleury 5813 Artigos
Proprietário e Editor do Jornal Debate