Arquivo: o DEBATE na história

A edição de 24 de maio de 1987 traz como destaque duas invasões misteriosas. Três dias antes, o prédio da prefeitura foi invadido, com homens num Escort preto e mediante uso das chaves das portas. Deixaram papéis espalhados e gavetas reviradas. Segundo o vigia noturno José Borges Serafim, os invasores deixaram o prédio com vários documentos. A polícia encontrou um bilhete ameaçando de morte o então prefeito Onofre Rosa e seu filho, o advogado Walter Rosa de Oliveira. Surpreendentemente, no dia seguinte houve nova invasão da prefeitura e também da Câmara Municipal, apesar da vigilância policial. O Legislativo teve móveis e papéis danificados. Apesar das investigações, nunca se soube nada sobre os mandantes das invasões. A oposição sugeriu que tudo não passava de mera simulação teatral.

  • Publicado na edição impressa de 29/09/2019
Sobre Sergio Fleury 4727 Artigos
Proprietário e Editor do Jornal Debate