Prefeito se diz perseguido e anuncia vários shows em 2020

“ME AJUDEM!”— Otacílio disse estar sendo perseguido, pediu ajuda e anunciou shows musicais

Ele pediu ‘apoio’ da população
e chamou Severo de corrupto

Afastado dos microfones da rádio Difusora desde que o Ministério Público ajuizou uma ação civil pública contra ele e a emissora, sob acusação de improbidade administrativa, o prefeito Otacílio Parras (PSB) reapareceu na quinta-feira, 28, num vídeo divulgado em sua página política no Facebook. Dizendo-se vítima de uma perseguição do grupo político que derrotou há sete anos, o prefeito pediu apoio popular contra a denúncia apresentada na Câmara que pede a cassação do seu mandato.
As imagens foram gravadas em frente à praça Leônidas Camarinha, já com os enfeites natalinos que foram inaugurados na noite de ontem. Foi neste cenário que Otacílio fez praticamente um discurso político e insistiu na história do “pendrive”, sugerindo que o vereador Luciano Severo, hoje seu desafeto, é corrupto.
O prefeito lembrou que o autor do requerimento de cassação é o ex-vereador Luiz Carlos “Psiu” Marques, um ex-presidente do PSDB, partido que Otacílio, na época filiado ao PT, derrotou nas eleições de 2012.
“Querem me cassar porque eu denunciei coisas erradas feitas por um vereador, que tentou me corromper moralmente no meu gabinete”, afirmou. Otacílio não citou o nome de Luciano Severo, mas obviamente se referiu ao vereador, já que o pedido de cassação é baseado justamente na história que o próprio prefeito contou sobre o parlamentar e um pendrive.
“Eles não se conformam. Continuam me denunciando e atrapalhando esta administração, com o conluio e apoio de alguns vereadores de oposição”, disse. Segundo Otacílio, este grupo político “gosta quando tudo vai mal”, salientando que “o povo o apoia”.
Em tom eleitoral, o prefeito disse que basta comparar a atual administração “com a deste grupo que está tentando me derrubar”, sugerindo que ele fez muitas realizações à frente da prefeitura.
Otacílio ainda lembrou que até 5 de novembro de 2012, “achavam que a Maura e o PSDB tinham vencido as eleições”, quando a Justiça Eleitoral finalmente retirou a impugnação à sua candidatura pelo PT. “Mas neste dia o TSE decidiu que o prefeito eleito era Otacílio”, disse, na terceira pessoa.
O prefeito se referiu ao processo que sofreu por irregularidades no registro da chapa petista. Mesmo vencendo as eleições, a Justiça Eleitoral não computou os votos do candidato que só foi diplomado após uma vitória no TSE em Brasília. Antes, Otacílio perdeu até no TRE em São Paulo. Ele também era impugnado por uma condenação eleitoral e, por isso, nem chegou a exercer o voto no ano em que foi eleito pela primeira vez.
“Passados sete anos, voltam novamente à carga tentando cassar o meu mandato”, reclamou. “Mas temos fé no nosso povo de que venceremos mais esta luta, pois o povo nos apoia”, avaliou. “Preciso deste apoio moral do povo de Santa Cruz para continuar trabalhando por vocês e enfrentando aqueles que querem destruir esta administração, destruir esta pessoa”, afirmou.
Otacílio encerrou seu discurso com a frase no mínimo estranha para um ex-petista, já que, de certa forma, plagia o presidente Jair Bolsonaro: “Deus acima de tudo e eles abaixo de todos”.

Prefeito se diz vítima de uma ‘perseguição’ e anunciou uma série de shows em ano eleitoral

Shows eleitorais

O prefeito aproveitou o tom eleitoral para anunciar que a administração vai promover uma série de shows no ano eleitoral de 2020. Além de investir mais recursos públicos na “Festa do Peão” em janeiro, Otacílio anunciou que vai contratar outros artistas para apresentações ao longo do ano em Santa Cruz do Rio Pardo. “Já assinamos todos os contratos”, informou.
Em 25 de abril, segundo Otacílio, haverá um show dos cantores Sérgio Reis, Renato Teixeira e padre Alexandre Campos. “É isto mesmo o que ouviram. Os três estarão em Santa Cruz”, disse, sem revelar os custos dos artistas.
Em seguida, disse que o “Festival Gospel”, que foi realizado durante dois anos seguidos no Dia das Mães, não deu certo em virtude da baixa frequência do público. “Então, para o dia 9 de maio já contratamos um show que as mulheres gostam, com a dupla Christian e Ralf”, anunciou o prefeito Otacílio Parras.

  • Publicado na edição impressa de 1º/12/2019
Sobre Sergio Fleury 5177 Artigos
Proprietário e Editor do Jornal Debate