Mais uma vez, Otacílio reafirma fim da verba para rodeio em Santa Cruz

FIM DO NAMORO — Otacílio não honrou promessa feita a Edson Marrero, que já anunciou grade de show de 2021

Prefeito disse que investimento será
“zero” e que prioridade é a Santa Casa

André H. Fleury Moraes
Da Reportagem Local

Em entrevista coletiva após a reunião de comissões na Câmara Municipal, na segunda-feira, 10, o prefeito Otacílio Parras (PSB) voltou a dizer que não vai gastar um centavo sequer com a “Festa do Peão de Boiadeiro”, que acontece anualmente no aniversário da cidade, em janeiro.

Nos últimos três anos, Otacílio contratou com dinheiro público mais de R$ 1,5 milhão somente com o pagamento de shows de artistas famosos que se apresentaram no evento. Nos últimos oito anos, foi o prefeito quem abriu oficialmente todas as edições do rodeio, discursando na arena e reunindo políticos e deputados amigos. Na quinta-feira, indagado sobre o valor que pretende no evento, Otacílio foi lacônico: “Zero”.

Agora, ele próprio brinca que tem a “desculpa” da crise financeira no hospital de Santa Cruz. “Numa situação de crise com a Santa Casa, eu não posso assinar nada com antecedência”, disse, lembrando que a partir de 1º de janeiro não será mais o prefeito da cidade.

Otacílio tornou a repetir que a Festa do Peão “está grande o suficiente para se tornar autossuficiente”. “O evento tem 25 anos e é respeitado no interior do Estado inteiro”, declarou.

Questionado sobre se o organizador da festa, o empresário Edson Marrero, não poderia avaliar essa atitude como ‘ingratidão’, já que todos os anos ele cede o palanque para o prefeito fazer discursos, Otacílio foi taxativo: “Ingratidão, só se for por parte dele”.

Segundo ele, os políticos que participaram das edições anteriores geralmente são aqueles que mais trazem recursos para Santa Cruz. “Eles merecem estar lá. Queira ou não, a presença deles valoriza o evento”, disse. O mesmo, completou, não acontece com o festival “Rock Rio Pardo” que, nas palavras do prefeito, ainda é um evento pequeno.

“Agora, dizer que ela é usada politicamente é uma idiotice muito grande”, declarou Otacílio, tentando desmentir qualquer caráter político na Festa do Peão de Santa Cruz do Rio Pardo. 

  • Publicado na edição impressa de 09/02/2020
Sobre Sergio Fleury 5795 Artigos
Proprietário e Editor do Jornal Debate