DICAS – Edição de 17/05/2020

Silêncio
É ensurdecedor o silêncio do prefeito Otacílio Parras (PSB) sobre o caso revelado pelo DEBATE que aponta possível formação de cartel de empreiteiras — entre elas a MRover — na disputa pela grana do lixo no município. Nem parece que a MRover prestou serviços a Santa Cruz durante seis anos do mandato de Parras.

Perguntar não ofende
Se o DEBATE não tivesse publicado nada sobre os indícios de formação de cartel entre empreiteiras que participaram do pregão, como estaria a situação do lixo em Santa Cruz?

Ignorância
O vereador Marco ‘Cantor’ Valantieri disse na rádio Difusora que o vereador é quem faz a lei. “Quem vai julgar se é legal ou não é o juiz”, disse. Até onde se sabe, vereador precisa seguir e conhecer, acima de tudo, a legislação…

Novas máquinas
A Ártico, por sinal, testou um novo equipamento para recolher massa verde no município. Na sexta-feira, um caminhão com um braço especial recolheu em um dia a quantidade que, antes, era feita em três. A empresa informou que o caminhão foi alugado, mas que já autorizou a compra de um veículo novo para Santa Cruz do Rio Pardo.

Trapalhada
O prefeito Otacílio Parras (PSB) bradou nas rádios que não poderia deixar de seguir a norma federal do presidente Bolsonaro, que autorizou a reabertura de academias, barbearias e salões de beleza. Entretanto, o STF já definiu que estas medidas são de competência de estados e municípios. Se o recado veio da Procuradoria Jurídica da prefeitura, nem é preciso dizer nada…

Riscos
Se eleito prefeito, o vereador Murilo Sala (Podemos) pode ter complicações nas relações com o governador João Doria (PSDB). É que seu vice, Maurício Cury, vive postando nas redes sociais críticas ácidas e até “fake news” contra o governador paulista.

Pegou mal
As explicações do vereador Joel de Araújo (Republicanos), de que teria sido “engabelado” pela bancada governista no caso do projeto de anistia aos “faltosos”, não colaram. Na verdade, Araújo deve ter visto no projeto uma maneira de se livrar da possibilidade de devolver mais de R$ 10 mil aos cofres municipais. É do tal ‘jeitinho’.

Abandonados
O vereador Murilo Sala (Podemos) vai cobrar o cumprimento da lei, de autoria dele, que proíbe o abandono de veículos em situação de sucata nas ruas de Santa Cruz. De fato, há dezenas deles nas ruas da cidade.

Codesan
Assim ficou a rua Conselheiro Dantas na terça-feira, dia em que deveria ser coletado o lixo da via pública: suja. Sacolas eram vistas por todos os locais. Mas o prefeito bradou no peito e disse que a Codesan saberia como fazer. O resultado, porém, foi outro…



Coisas de Política

Temperatura exata

Esta história é de Ariano Villar Suassuna, numa de suas “aulas espetáculo”. Conta ele que, num período sombrio do nosso país, o presidente, que era um sujeito não muito inteligente, resolveu visitar um Colégio Público. Um assessor sugeriu promover, com os estudantes, uma rodada de perguntas e respostas. O chefe descartou a ideia, argumentando que ele mesmo poderia não saber a resposta. Mas resolveu levar um roteiro escrito. O presidente concordou e, na escola, iniciou a rodada de perguntas. “Quantos metros tem um quilômetro? A água ferve a quantos graus?” Nesta pergunta, a resposta foi: cem graus centígrados.
— Está errado, a água ferve a noventa graus — disse o Presidente. Neste ponto, uma professora, apreensiva, interferiu: “Desculpe, senhor Presidente, mas a resposta está correta, a água ferve mesmo a cem graus”. Após um breve silêncio, com o Presidente conferindo a sua ‘cola’, veio o argumento fatal:
— Tem razão… de fato, o que ferve a noventa graus é o ângulo reto!
Colaboração: Oldack Roder (S. Pedro do Turvo)

Sobre Sergio Fleury 5793 Artigos
Proprietário e Editor do Jornal Debate