Dicas – Edição de 26 de julho de 2020

EFEITO Após reportagem do DEBATE que mostrou a falta de um Portal da Transparência da Santa Casa, o prefeito Otacílio Parras (PSB) anunciou que já está providenciando o sistema.

PATRIMÔNIO Na sessão de segunda-feira, 20, vereadores sequer comentaram o asfaltamento parcial ao redor da antiga praça Rui Barbosa (hoje Antônio Aloe), onde estavam os paralelepípedos. O caso da mudança do monumento aos expedicionários também foi propositalmente esquecido.

CONDENAÇÃO O Ministério Público de Santa Cruz do Rio Pardo está executando judicialmente o ex-presidente da Codesan Cláudio Agenor Gimenez. Ele foi condenado ao pagamento de multa numa ação por improbidade administrativa em primeira e segunda instâncias.

INQUÉRITO O promotor Vladimir Brega Filho abriu inquérito para investigar possível dano ao patrimônio cultural santa-cruzense. Segundo informações, o motivo seria a possível destruição do monumento dos “pracinhas” na praça onde funciona um lanchódromo.

OURINHOS Foi aberta na semana passada a concorrência publica para concessão do setor de esgoto da Superintendência de Água e Esgoto de Ourinhos, a SAE. A medida, diz a administração de Lucas Pocay (PSD), visa modernizar o saneamento básico ourinhense — que historicamente foi alvo de críticas.

ANTECIPANDO Alguns pré-candidatos à vereança — dos dois lados do jogo, oposição e situação — já estão procurando visibilidade nas redes sociais. Alguns criam páginas públicas no facebook. Outros, encaminham mensagens positivas via WhatsApp.

ESQUECIDA A CPI da Riopardense em Piraju, pelo visto, deve dar em nada. A empresa, que também operava em Santa Cruz, teria pago propina ao prefeito José Maria Costa. O presidente da Câmara de Piraju arquivou a CPI por um atraso de cinco segundos no protocolo.

OURO O deputado federal Capitão Augusto Rosa (PL), candidato à presidência da Câmara em 2021, distribuiu anéis banhados a ouro a apoiadores e aliados. A informação é da revista Veja. Rosa confirma, mas garante que pagou os reluzentes artefatos com dinheiro do próprio bolso.

ESCONDE A frase de Cristiano Miranda, que criticou vereadores que levaram ao Ministério Público uma lei ilegal para ser discutida — e avaliar eventuais revogações —, causou polêmica. Há quem diga que o vereador afrontou o MP. Por outro lado, a frase também sugere que, se o caso fosse encoberto, ninguém descobriria.

ALTA O deputado Ricardo Madalena recebeu alta médica, após sofrer um AVC em maio.

 

Corte de árvores
Além de asfaltar ruas com paralelepípedos históricos, a prefeitura também cortou três árvores da praça Antônio Aloe. A justificativa é que uma apresentava “estado fitossanitário comprometido”, enquanto outra estava muito próxima da guia. Outras serão plantadas.



Coisas da Política

Bem documentado

Aquela pequena cidade já estava se movimentando para as eleições municipais. Os partidos políticos tratavam de providenciar a documentação necessária para os devidos registros de seus candidatos.

Assim, o Meirinha, muito eufórico com a sua primeira candidatura, foi o primeiro a procurar a secretaria de seu partido para efetivar seu registro. A atendente, ao analisar os documentos apresentados, observa que as fotos levadas pelo candidato eram muito antigas. Explica, então, que aquelas fotos não serviam porque teriam de ter, no máximo, um ano.

O homem recolhe a papelada e, ao voltar, apresenta a foto de um bebê sentado num penico. E diz:

— Esta deve servir, pois aqui eu tinha apenas 10 meses… E já demonstrava meu gosto pela política!

(Colaboração: Oldack Roder (S. Pedro do Turvo)