Oposição de Ourinhos decide formar chapa única contra o prefeito Pocay

Apoiadores da chapa de oposição festejam a união (Foto: jornal Biz)

Salim Mattar disputará para vice; professor Robson Sanches é líder da chapa 

 

André Fleury Moraes
Da Reportagem Local

Formada por nove partidos, a oposição ao prefeito Lucas Pocay (PSD) em Ourinhos decidiu se unir e lançar uma chapa única para concorrer às eleições de novembro. Disputarão o pleito o professor Robson Sanches (Patriota) e o médico pediatra Salim Mattar (PSDB), que hoje é vereador.

A convenção aconteceu na semana passada e foi resultado de uma longa discussão. O PTB chegou a cogitar lançar o publicitário Fernando Cavezale – que é, aliás, o presidente do partido – para prefeito.

Posteriormente, no entanto, a sigla decidiu desistir da chapa e sinalizou apoio a Robson e Salim.

A dupla que deve liderar a candidatura de oposição foi oficializada no domingo, 13, durante convenção partidária que aconteceu no ginásio ADPM.

O ex-prefeito Toshio Misato (PSDB) e o deputado federal Capitão Augusto (PL) compareceram ao evento e manifestaram apoio à chapa.

O professor Robson Sanches (esquerda), com o vereador Salim Mattar (Foto: jornal Biz)

Em entrevista ao jornal Biz, portal de conteúdo de Ourinhos, Toshio criticou o prefeito Lucas Pocay. O ex-prefeito afirmou que Pocay não cumpriu todas as promessas de campanha.

Capitão Augusto também não poupou críticas a Pocay, de quem é adversário político. Ele criticou o prefeito até em entrevista coletiva em Santa Cruz, durante convenção do candidato Diego Singolani.

Médico, o vereador e candidato a vice-prefeito Salim Mattar priorizou durante discurso a construção de novas unidades básicas de saúde e defendeu a informatização dos sistemas de saúde.

Robson Sanches, por sua vez, alertou para os problemas de falta de água que Ourinhos enfrenta há décadas. Criticou também os quase 700 cargos de confiança que existem na administração de Pocay. O número de comissionados, segundo ele, é maior do que Londrina e Marília juntas.

*Com informações do Jornal Biz

 

  • Publicado na edição impressa de 20 de setembro de 2020