Prefeito de Timburi é afastado, e vice assume prefeitura

O prefeito de Timburi Paulo César Minozzi (PSDB) foi afastado do cargo

André Fleury Moraes
Da Reportagem Local

O prefeito de Timburi Paulo César Minozzi (PSDB) foi afastado do cargo na semana passada por decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo. Na quarta-feira, 7, o ex-vice-prefeito Romualdo Pozza foi empossado no cargo de chefe do Executivo.

O afastamento se deve a uma condenação criminal do prefeito por falsidade ideológica. O caso teve origem em 2012. Na época, Paulo foi processado pelo Ministério Público por ter contratado uma empresa através de licitação cujo edital não foi publicado.

O prefeito alegou na época que o edital havia, sim, sido publicado. Mostrou um documento que supostamente comprovava a veracidade do edital. Em seguida, foi absolvido.

Em 2017, no entanto, o MP voltou a investigar o caso e descobriu que o documento era falso. Ajuizou, então, uma ação criminal contra Minozzi. O prefeito foi condenado em primeira instância, e o Tribunal de Justiça de São Paulo manteve a decisão, que suspendeu temporariamente seus direitos políticos.

Em julho, a Justiça já havia determinado a extinção do mandato de Paulo Minozzi, mas uma liminar o manteve no cargo. No final de setembro, no entanto, a liminar foi cassada pelo TJ. última Na quarta, Minozzi teve de deixar o cargo. 

 

  • Publicado na edição impressa de 11 de outubro de 2020