Vereador de Salto Grande morre em grave acidente ao voltar de velório

O namorado Igor morreu na segunda; o vereador Rafael (dir.) na terça

Rafael Morales, de 31 anos, voltava do velório do companheiro em Ourinhos quando carro se chocou contra as pedras de um monumento

 

Sérgio Fleury Moraes
Da Reportagem Local

Vereador de Salto Grande em seu segundo mandato e prestes a deixar o cargo em dezembro, Rafael Morales morreu no final da tarde de terça-feira, 29, num acidente na entrada da cidade. Ele bateu com seu carro contra a base de concreto do monumento em homenagem à Nossa Senhora do Patrocínio, que existe na rotatória que divide a rodovia da área urbana.

A batida foi tão violenta que o carro começou a pegar fogo. Populares correram para apagar o princípio de incêndio e tentaram abrir a porta do motorista. No entanto, “Branquinho”, como era conhecido, morreu no local do acidente, segundo atestou minutos depois o Samu — Serviço de Atendimento Móvel de Urgência.

A morte de Rafael Morales foi, na verdade, uma sequência trágica. No dia anterior, o namorado do vereador, um jovem morador em Ourinhos, morreu aos 21 anos ao chocar sua motocicleta contra um poste, nas imediações do cemitério municipal. Igor Lopes morreu na hora.

O carro do vereador Rafael ficou totalmente destruído

A morte do namorado abalou o vereador de Salto Grande. Em sua última postagem nas redes sociais, ele disse que estava “com dor no coração” pela morte de Igor e disse que seus planos haviam sido destruídos. “Nunca vou te esquecer. Logo estarei com você novamente”, escreveu Rafael.

O velório e sepultamento de Igor aconteceu na manhã de segunda-feira, 28, em Ourinhos. Rafael permaneceu na casa de familiares do namorado, onde era muito querido, e somente retornou a Salto Grande no final da tarde. Na entrada da cidade, um novo acidente matou o vereador.

Rafael Morales estava em seu segundo mandato de vereador. Ele foi eleito em 2012 com 111 votos e reeleito em 2016 com 146 votos. Neste ano, ele não disputou a reeleição. O corpo do vereador foi sepultado no cemitério de Salto Grande na tarde de quarta-feira, 30. 

 

  • Publicado na edição impressa de 1º de janeiro de 2021