Lucas Pocay decide regredir Ourinhos para fase vermelha; Diego em alerta

O prefeito de Ourinhos, Lucas Pocay (PSD)

Prefeito deve decretar hoje a suspensão do atendimento presencial no comércio em geral, bares e restantes; academias e shoppings vão fechar

 

O prefeito de Ourinhos, Lucas Pocay (PSD), anunciou hoje que vai assinar um decreto colocando o município na fase vermelha do Plano São Paulo de combate ao coronavírus. As declarações de Pocay foram feitas à rádio Band FM no início da tarde.

O número de casos de covid-19 aumentou muito nas últimas semanas. A Santa Casa de Ourinhos está com todos os leitos ocupados e as vagas na UTI são escassas. A situação na região não é diferente. “Temos 100 pessoas a mais por dia com o vírus. A população está desligada e sem cumprir as recomendações de saúde, talvez pela proximidade da vacina”, afirmou.

Com a fase vermelha, o comércio em geral, as academias, bares e restaurantes só poderão funcionar no sistema delivery, ou seja, mediante entregas. Os shoppings serão fechados.

Segundo Pocay, a prefeitura também vai interditar praças e parques do município, inclusive proibindo o estacionamento no entorno. As missas católicas e os cultos evangélicos só poderão ser celebrados no recinto Olavo Ferreira de Sá (Fapi), ao ar livre ou em locais totalmente ventilados.

Lucas Pocay explicou que as medidas foram tomadas após uma reunião com o “Comitê Covid” na tarde de ontem, com a presença do Ministério Público, procurador da República, Polícia Civil, secretários e agentes de vigilância sanitária.

As regras devem ser mantidas durante pelo menos uma semana.

O prefeito Diego Singolani (PSD), de Santa Cruz do Rio Pardo

Em Santa Cruz do Rio Pardo, o prefeito Diego Singolani (PSD) defendeu que a região adote medidas em conjunto. Segundo ele, o prazo mínimo de restrições mais severas para tentar reduzir a pandemia são 14 dias. “Os sete dias que estão sendo estudados na região não são suficientes para atender o índice que queremos. O ideal são 14 dias”, explicou.

As declarações do prefeito foram dadas em entrevista à rádio 104 no final da manhã desta terça-feira, 12. Ontem, Diego se reuniu com representantes do comércio e todos ficaram cientes de que o fechamento do comércio é algo que pode acontecer a qualquer momento. O prefeito disse que, no momento, a administração está monitorando os acontecimentos.

“Mas nós esperamos a compreensão da população”, alertou.

 

Leia mais na edição
de domingo do DEBATE

Sobre Sergio Fleury 6069 Artigos
Proprietário e Editor do Jornal Debate