Santa Cruz também fecha comércio a partir da próxima quinta-feira

O prefeito Diego Singolani anunciou hoje as medidas de restrições

Fechamento terá duração de pelo menos uma semana em Santa Cruz do Rio Pardo, segundo anunciou hoje o prefeito Diego Singolani

 

O prefeito Diego Singolani anunciou hoje que Santa Cruz do Rio Pardo vai regredir à fase vermelha do Plano São Paulo de prevenção da covid-19. Segundo ele, os dados são alarmantes. “Nas últimas 24 horas tivemos 84 novos casos suspeitos”, anunciou.

Segundo o prefeito, há 36 pacientes internados na Santa Casa, contra 24 do dia anterior. “Em apenas 24 horas, aumentou em 12 o número de internados. A nossa estrutura e capacidade hospitalar para atender com qualidade é de até 35 pacientes. Já temos pacientes aguardando vagas em outros municípios”, afirmou Diego. Ele advertiu que a Santa Casa de Ourinhos também está com capacidade esgotada. “Não há mais onde internar paciente”, advertiu.

O prefeito disse que é difícil tomar medidas como esta, mas vai fechar todo o comércio a partir de quinta-feira, 14. O decreto será publicado amanhã (quarta-feira). Diego disse que a decisão está sendo adotada através de acordo com autoridades sanitárias e do Ministério Público. “E é fechamento mesmo, por sete dias”, ressaltou o chefe do Executivo. “Esta regressão é fruto da desordem, da insubordinação e da falta de preocupação com a saúde. Pessoas estão morrendo ou ficando doentes a todo minuto e decisões deverão ser tomadas”, afirmou. 

O decreto do prefeito Diego Singolani vai fechar pesqueiros, academias, salões de beleza, clubes, casas noturnas, enquanto hotéis poderão funcionar sem novos hóspedes. Lojas de materiais de construção funcionarão em sistema delivery de segunda a sexta, das 8h às 18h.

Lanchonetes, restaurantes, cafeterias, food trucks e conveniências funcionarão até 22h somente com atendimento drive thru. Bares e comércio de bebidas poderão funcionar até 20h nos sistemas delivery ou drive thru, de segunda a sábado.

O consumo de bebidas alcoólicas será expressamente proibida no local ou em locais públicos. Segundo Diego, a polícia deverá efetuar esta fiscalização.

Supermercados, açougues e padarias só funcionarão até 20h, de segunda a sábado. A feira livre deste domingo será mantido, apenas com hortifruti, sendo proibida a venda de outros pr0dutos.

Nas igrejas só poderão frequentar pessoas acima de 10 anos, observando as regras da pandemia, como distanciamento, álcool em geral e uso de máscaras.

No domingo, todos os estabelecimentos estarão fechados.

Diego disse que vai solicitar o apoio da Polícia Militar na fiscalização e monitoramento das aglomerações. “A fiscalização da prefeitura vai continuar trabalhando de forma contínua e ampliada, para fiscalizarmos e aplicarmos as penalidades, pois o momento é de seriedade. Nenhum prefeito quer fechar o comércio ou parar a economia, mas também não posso deixar que a estrutura hospitalar ultrapasse o limite possível de um bom tratamento para o cidadão santa-cruzense”, afirmou.

 

Leia mais no DEBATE deste domingo
(* Edição antecipada para sábado, 16)

Sobre Sergio Fleury 6069 Artigos
Proprietário e Editor do Jornal Debate