Franco Catalano

Os fósseis, a fossa

Coluna de Franco Catalano

Os fósseis, a fossa

Publicado em: 02 de janeiro de 2023 às 16:28

Um painel de cientistas está buscando estabelecer um novo período na linha do tempo da história conhecida do Planeta Terra: o Antropoceno. A era das máquinas, da tecnologia, do domínio do homem sobre todas as outras espécies. Mas poderia ser facilmente a era do lixo, do descartável, da extinção em massa da fauna e da flora.

É inevitável enxergar o impacto óbvio da humanidade sobre a Terra, sobretudo nos últimos dois séculos, com o advento da energia elétrica, da internet e de tudo que se desenvolveu em consequência destes dois elementos. Segundo muitos estudiosos, os impactos das ações destruidoras humanas teriam se iniciado muito antes, com o surgimento da agricultura, há mais de 11 mil anos.

O timing da divulgação das intenções de geólogos do mundo todo pelo The New York Times parece proposital. Neste período do ano, em virtude das festividades de Natal, réveillon e recessos escolares e laborais, a geração de lixo é exponencial. Duvido que você, leitor, não tenha notado os engradados cheios de garrafas vazias, os cestos de lixo atulhados de embalagens de presente e laços vermelhos ou a excessiva fartura de alimentos – posteriormente descartados – na ceia do dia 24. Toda esta demasia de consumo inconsciente e desenfreado contribui ainda mais com os argumentos da comunidade científica defensora do Antropoceno.

A classificação do tempo geológico, como o nome indica, leva em consideração as “cicatrizes” deixadas nas rochas, que contam nossa história através dos milênios. Como toda classificação feita em tempo real, as mudanças ainda são incompletas e as conclusões, precipitadas. Os cientistas receosos em relação à nova denominação têm ressalvas quanto ao verdadeiro tamanho do impacto de nossas ações sobre a Terra, visto que, até então, os períodos eram definidos por evidências geológicas indiscutíveis, como as do meteoro que dizimou os dinossauros ao cair sobre o território mexicano 66 milhões de anos atrás ou as fraturas nas placas tectônicas que comprovam a formação e separação da Pangeia 335 milhões de anos atrás.

O que podemos afirmar é que, se não na grande escala da geologia e da fossilização da história, os impactos do nosso atual modo de vida têm efeitos imediatos. Fome, mudanças climáticas, destruição de animais e seus habitats podem não ser suficientes para demarcar um período, sobretudo quando percebemos, ao olhar de longe, quão pequenos somos na linha do tempo deste planeta. Mas estes efeitos nefastos deveriam ser suficientes para colocar em xeque o conceito de humanidade e, como consequência, desencadear uma honesta e profunda revisão das nossas ações.


Franco Catalano

Franco Catalano

Arquiteto, é santa-cruzense e estudou História da Arte em Madrid


SANTA CRUZ DO RIO PARDO

Previsão do tempo para: Segunda

Céu limpo
28ºC máx
13ºC min

Durante todo o dia Céu limpo

COMPRA

R$ 5,57

VENDA

R$ 5,58

MÁXIMO

R$ 5,58

MÍNIMO

R$ 5,57

COMPRA

R$ 5,43

VENDA

R$ 5,75

MÁXIMO

R$ 5,63

MÍNIMO

R$ 5,57

COMPRA

R$ 6,06

VENDA

R$ 6,07

MÁXIMO

R$ 6,06

MÍNIMO

R$ 6,06
voltar ao topo

Voltar ao topo