João Ferreira

Raio-X

Coluna de João Ferreira

Raio-X

Publicado em: 27 de novembro de 2023 às 20:36

Durante a semana, o ex-prefeito Otacílio Parras (PSD) foi entrevistado por um órgão de comunicação social da cidade (que sempre preferimos omitir o nome – e só ouvimos para fazer uma análise da política municipal quando estritamente necessário – não esquecemos os comentários desairosos em nosso desfavor em diversas oportunidades).

E muito interessante acompanhar o que é dito para efeito de propaganda e o que é confessado inadvertidamente, com o passar do tempo.

O ex-prefeito sempre se arrogou como um grande administrador pública, mas sabemos que isto não é verdade. Otacílio recebeu uma Prefeitura (2013) em ordem, sem dívidas absurdas (precatórios são comuns em qualquer ente pública, esta desculpa não é válida), sem excesso de servidores, dentre outros aspectos. A Prefeitura de Santa Cruz do Rio Pardo era uma máquina azeitada, com ajustes a serem feitos conforme a visão de cada gestor, é claro. Mesmo o escândalo de desvio de dinheiro na Prefeitura, que durou por anos, não foi capaz de comprometer as finanças municipais.

Na entrevista, Otacílio confessou que colocou pouca iluminação de LED para priorizar as grandes avenidas com luminárias decorativas, o que “custou muito mais”. Trata-se de uma estratégia conhecida, pois o administrador ruim escolhe os aspectos “decorativos”. O ex-prefeito poderia ter usado o mesmo dinheiro para iluminar mais vias públicas, por exemplo.

Otacílio Parras também disse que é um absurdo que o prefeito Diego (PSD) faça um empréstimo para a colocação de iluminação de LED para o futuro gestor pagar. É curioso, pois Otacílio obteve um financiamento (teto) de R$ 2.867.054,13 junto à Caixa Econômica Federal para obras de pavimentação asfáltica e recapeamento durante o seu primeiro mandato (Lei nº 2.679/13). O mesmo Otacílio solicitou à Câmara Municipal uma autorização para um financiamento de até R$ 1.250.000,00 para a “aquisição de máquinas rodoviárias e equipamentos para pavimentação, tais como tratores, escavadeiras, motoniveladoras, fresadoras etc”, com prazo de 54 meses. Otacílio arriscou deixar essa dívida para a gestão seguinte? Qual a coerência da crítica feita agora?

Não é só. Otacílio ainda confessou (e elogiou) que a ex-prefeita Maura (PSDB) começou o Conjunto Habitacional Rita Emboava e conseguiu a aprovação de 100 casas no CDHU, ou seja, a gestão dele foi pífia na entrega de unidades habitacionais no município.

Enfim, foram muitas as escorregadas de Otacílio em seu hábito de arrotar grandeza. Porém, não há caracteres suficientes para esta edição do Debate. Haverá mais na semana que vem??

 

Para relembrar

Segundo São Tomás de Aquino, “a presunção é considerada uma espécie de pecado contra o Espírito Santo”. E, também: “todo movimento aperitivo, que se realiza de conformidade com um intelecto falso é, em si mesmo, um mal e um pecado. Ora, a presunção é um movimento aperitivo, por implicar uma esperança desordenada. Além disso, realiza-se de conformidade com um intelecto falso, como o desespero” (Suma Teleológica). Fica a dica.

 

Insucesso

“Não vou desejar sucesso a você porque você não merece”, disse Otacílio Parras para Cristiano Miranda sobre a escolha deste em apoiar o atual prefeito Diego na eleição majoritária de 2024.

 

Miranda

Mesmo humilhado por seu antigo tutor político, Cristiano Miranda (PSB) insiste que os “escândalos” do passado acabaram. Parece que Miranda se esqueceu de condenação por improbidade, por superfaturamento, do nepotismo identificado pelo Ministério Público, dos protestos da CODESAN no cartório, etc...

 

Confia!

“Eu não entrei na política para atacar as pessoas, para destruir as pessoas (Otacílio Parras).

 

Obrigado

Toda entrevista de Otacílio Parras é uma delícia de ouvir em razão dos absurdos proferidos por ele. Sempre sobra material. Este colunista agradece.


João Ferreira

João Ferreira

João Ferreira é advogado


SANTA CRUZ DO RIO PARDO

Previsão do tempo para: Segunda

Céu limpo
28ºC máx
13ºC min

Durante todo o dia Céu limpo

COMPRA

R$ 5,57

VENDA

R$ 5,57

MÁXIMO

R$ 5,61

MÍNIMO

R$ 5,54

COMPRA

R$ 5,43

VENDA

R$ 5,76

MÁXIMO

R$ 5,63

MÍNIMO

R$ 5,57

COMPRA

R$ 6,06

VENDA

R$ 6,07

MÁXIMO

R$ 6,11

MÍNIMO

R$ 6,03
voltar ao topo

Voltar ao topo