DIVERSOS

Vereador é multado após gravar vídeo sem máscara

Vereador é multado após gravar vídeo sem máscara

Publicado em: 15 de janeiro de 2021 às 14:20
Atualizado em: 26 de março de 2021 às 18:51

Juninho Souza diz que vai recorrer e afirma que reclamação ficou em segundo plano

Sérgio Fleury Moraes

Da Reportagem Local

Conhecido por publicar vídeos de reclamações e protestos nas redes sociais, o vereador Juninho Souza (Republicanos) manteve a mesma característica que o elegeu. Na terça-feira, 5, ele foi até a sede da secretaria de Desenvolvimento Econômico, na “Casa do Empreendedor” da avenida Tiradentes, para reclamar de lâmpadas apagadas em postes de vários bairros. Além de não ser atendido, o vereador foi multado duas horas depois porque não usava máscara facial.

O vereador disse que há mais de uma semana vinha tentando ligar para o número fornecido pela prefeitura para reclamações, sem sucesso. No vídeo gravado pela mulher de Juninho, ele sobe as escadas da repartição dizendo que a população paga taxa de iluminação pública e precisa ser atendida.

Quando o vereador entra no prédio e indaga uma funcionária, ela sai da sala. Juninho, então, diz que “o povo não está sendo respeitado e eu quero saber o que está acontecendo”.

Logo em seguida, os funcionários entram e saem da sala, e Juninho continua a reclamar. “A gente vem cobrar os direitos do povo e todo mundo some. Isto é falta de respeito”, afirmou. Em determinado momento, o vereador fica sozinho na sala e encerra o vídeo protestando.

Juninho, porém, não usou máscara durante a gravação. Quando ele chegou à Câmara Municipal, duas horas depois, havia uma multa superior a R$ 1,6 mil o aguardando. Ela foi lavrada por fiscais da prefeitura, que foram ao prédio do Legislativo. Há informações, inclusive, de que uma funcionária da secretaria iria registrar um boletim de ocorrência na polícia contra o vereador, alegando ter sido ofendida.

Quatro dias depois do vídeo, Juninho Souza admitiu que não usou máscara, mas enfatizou que manteve distância das pessoas. “Com a máscara é mais difícil falar durante uma gravação”, explicou. O vereador estranhou a rapidez da punição, já que a multa foi imposta duas horas após o vídeo. “Tem muita gente andando ou trabalhando sem máscara e os fiscais não são tão rápidos”, reclamou.

Ele disse que sequer foi notificado ou advertido. “Simplesmente fui multado em mais de R$ 1,6 mil”.

Segundo Juninho, a discussão em torno da multa acabou “mascarando” o verdadeiro problema, que é a iluminação precária em vários bairros. “São reclamações que a população me encaminha, principalmente sobre lâmpadas apagadas. Tentei ligar durante vários dias e o telefone não atendia. Na quinta-feira da semana passada eu fui pessoalmente à secretaria e alegaram que o telefone estava com defeito e estaria disponível no dia seguinte. Resolvi deixar os pedidos”, contou.

No entanto, na segunda-feira, 5, o problema persistiu. “Eu resolvi, então, encaminhar as reclamações por whatsapp, para o diretor Renan. Só que ele me bloqueou, o que é um absurdo”, disse. Ele também contesta as acusações de que teria sido grosseiro e desrespeitoso com os funcionários do setor. “O próprio vídeo é prova disso”, afirmou. O diretor de Iluminação Pública é Renan Almeida, que ocupa atualmente o mesmo cargo que pertencia ao vereador Niltinho Fernandes. De acordo com Juninho Souza, ele bloqueou o vereador alegando que seu telefone é particular.

O vereador alega que a multa e a falta de atendimento são uma tentativa de intimidá-lo. “Não vão conseguir calar a minha voz. Sou fiscal do povo e é este trabalho que o povo espera de mim”, disse.

A administração não se pronunciou, mas alguns funcionários disseram o modo como o vereador “invadiu” a repartição intimidou as pessoas. Ainda segundo eles, o telefone do prédio realmente apresentou problemas e a Vivo demorou para colocá-lo em uso novamente. 



  • Publicado na edição impressa de 10 de janeiro de 2021


PUBLICIDADE

SANTA CRUZ DO RIO PARDO

Previsão do tempo para: Sábado

Céu nublado com aguaceiros e tempestades
27ºC máx
19ºC min

Durante a primeira metade do dia Períodos nublados com aguaceiros e tempestades com tendência na segunda metade do dia para Céu encoberto com chuva moderada

COMPRA

R$ 5,59

VENDA

R$ 5,59

MÁXIMO

R$ 5,68

MÍNIMO

R$ 5,57

COMPRA

R$ 5,55

VENDA

R$ 5,89

MÁXIMO

R$ 5,82

MÍNIMO

R$ 5,72

COMPRA

R$ 6,69

VENDA

R$ 6,70

MÁXIMO

R$ 6,80

MÍNIMO

R$ 6,67

PUBLICIDADE

voltar ao topo

Voltar ao topo