POLÍCIA

Ladrão furta barracão de secretaria, mas impasse com monitoramento impede providências

Homem pulou o muro duas vezes e levou até dois postes ornamentais

Ladrão furta barracão de secretaria, mas impasse com monitoramento impede providências

Ladrão voltou ao barracão no início da tarde e carregou dois postes ornamentais

Publicado em: 15 de junho de 2022 às 18:49
Atualizado em: 18 de junho de 2022 às 04:08

O impasse entre o município e a empresa de monitoramento “Sanson Tecnologia” impediu providências imediatas contra um furto. O crime aconteceu ontem, terça-feira, 14, num barracão de materiais da secretaria de Desenvolvimento Econômico, no bairro Jardim Santana.

Apesar de ter o contrato suspenso pelo ex-secretário Gerson Garcia, a empresa segue monitorando alguns pontos do município e alertou a Polícia Militar. A PM, entretanto, disse que era necessário um responsável pelo local para dar seguimento à ocorrência.

A Sanson, então, tentou contato com servidores responsáveis para avisar sobre o furto. Entretanto, os telefones não atenderam.

O barracão no Jardim Santana é um depósito de materiais da prefeitura. Há postes, cones de trânsito, fios, cabos, tintas e outros materiais utilizados em obras e o local é fechado.

O ladrão pulou o muro antes das 6h da manhã de terça-feira, 14, e inicialmente danificou o teclado do alarme. Depois, ele anda tranquilamente pelo espaço procurando o que levar.

 

Na manhã de terça-feira, 14, ladrão danificou o sistema de alarme do barracão no Jardim Santana

 

Ele retornou ao local por volta das 13h, novamente pulou o muro e chegou a levar até mesmo dois postes, provavelmente ornamentais. Como desta vez usava outra roupa, a empresa de monitoramento afirmou não ser possível identificar se era o mesmo ladrão.

A Sanson entregou um ofício ao prefeito Diego Singolani (PSD) narrando os fatos.

Na semana passada, segundo reportagem publicada pelo DEBATE, a empresa denunciou o município à Procuradoria Geral de Justiça e ao Tribunal de Contas de São Paulo. Ela alega uma série de irregularidades sobre a falta de renovação do contrato, suspenso abruptamente pelo secretário Gerson Garcia. Em uma ação judicial que tramita na comarca, a Sanson pediu o afastamento de Garcia.

A prefeitura proibiu a empresa de entrar em prédios públicos para fazer a manutenção dos equipamentos. Há vários imóveis que já estão sem monitoramento, inclusive o prédio da prefeitura. Na mesma situação estão o velório municipal e merenda escolar.

PUBLICIDADE

SANTA CRUZ DO RIO PARDO

Previsão do tempo para: Segunda

Períodos nublados
24ºC máx
13ºC min

Durante todo o dia Céu limpo

COMPRA

R$ 5,22

VENDA

R$ 5,22

MÁXIMO

R$ 5,28

MÍNIMO

R$ 5,20

COMPRA

R$ 5,09

VENDA

R$ 5,40

MÁXIMO

R$ 5,29

MÍNIMO

R$ 5,23

COMPRA

R$ 5,53

VENDA

R$ 5,53

MÁXIMO

R$ 5,57

MÍNIMO

R$ 5,51

PUBLICIDADE

voltar ao topo

Voltar ao topo