POLÍCIA

Polícia pede prisão do padre Gustavo Trindade por atropelamento de ladrão; promotor é contra

Frei Gustavo Trindade dos Santos atropelou um ladrão no domingo e o homem está internado em estado grave na Santa Casa

Polícia pede prisão do padre Gustavo Trindade por atropelamento de ladrão; promotor é contra

O frade dominicano Gustavo Trindade dos Santos é pároco da Igreja Matriz de Santa Cruz do Rio Pardo

Publicado em: 10 de maio de 2022 às 14:42
Atualizado em: 11 de maio de 2022 às 17:27

A Polícia Civil de Santa Cruz do Rio Pardo pediu a prisão preventiva do frei Gustavo Trindade dos Santos, 37, que atropelou propositalmente um ladrão no domingo, 8, ao persegui-lo nas ruas após um furto na Casa Paroquial.

O Ministério Público, porém, é contra a medida. Segundo parecer do promotor Reginaldo Garcia, o frade dominicano não oferece risco à segurança pública e, por isso, pediu o indeferimento da prisão preventiva.

Garcia também enfatizou que o padre não escondeu e nem escondeu provas, e não haveria riscos de o religioso cometer outros crimes.

O carro da Casa Paroquial foi vistoriado pela perícia técnica da polícia. Ele apresenta danos na lateral e na frente.

A Justiça pode se pronunciar ainda nesta terça-feira, 10, sobre o pedido da Polícia Civil. O frade dominicano é defendido por um grupo de advogados, entre eles o presidente da OAB de Santa Cruz do Rio Pardo, Daniel Pegorer.

 

Câmeras de monitoramento flagraram momento em que o padre atropela o ladrão

 

O acidente aconteceu no domingo, quando Ângelo Marcos dos Santos Nogueira, 40, furtou moletons e camisetas da Casa Paroquial da Igreja Matriz de São Sebastião. Conhecido nos meios policiais como “anjinho”, não seria a primeira fez que Ângelo comete furtos na Casa Paroquial.

Frei Gustavo, que é pároco da Igreja Matriz, percebeu o furto e passou a perseguir o ladrão, que fugiu a pé pelas ruas, com um carro da Casa Paroquial. Depois de duas quadras, o homem entrou na avenida Tiradentes. Foi então que o padre subiu com o carro na calçada, invadiu a garagem de uma loja de tintas e atropelou o ladrão.

Ângelo Marcos dos Santos Nogueira está internado em estado grave na UTI da Santa Casa de Misericórdia de Santa Cruz do Rio Pardo. Mesmo nesta situação, ele teve a prisão decretada. Segundo informações do hospital, ele passou por uma cirurgia na cabeça porque sofreu traumatismo craniano.

Nas redes sociais, o padre Júlio Lancellotti criticou a atitude do padre e afirmou que “um crime não justifica o outro”. O caso ganhou tanta repercussão que saiu nos principais veículos de imprensa do País, como os jornais “O Globo”, “Folha de S. Paulo” e também no Jornal Nacional.

 

O promotor Reginaldo Garcia, de Santa Cruz do Rio Pardo, é contra a prisão preventiva do padre Gustavo

 

Em nota divulgada hoje, a Ordem dos Frades Pregadores (Dominicanos) e a Diocese de Ourinhos, por intermédio do bispo dom Eduardo Vieira dos Santos, lamentam o incidente e informam que frei Gustavo “se encontra profundamente consternado e arrependido pelo trágico desfecho”. A nota ainda diz que o padre conclamou a todos os fiéis por orações pela vida do ladrão.

De acordo com a Diocese de Ourinhos, o frei Gustavo Trindade está cooperando com as investigações e se colocou “à disposição da Justiça para os esclarecimentos necessários e eventual responsabilização”.

No entanto, a polícia informou que o frade dominicano ainda não foi encontrado para prestar depoimento. Ele pode ser considerado foragido da Justiça porque não prestou socorro ao homem atropelado.

PUBLICIDADE

SANTA CRUZ DO RIO PARDO

Previsão do tempo para: Terça

Céu limpo
27ºC máx
12ºC min

Durante todo o dia Céu limpo

COMPRA

R$ 4,82

VENDA

R$ 4,82

MÁXIMO

R$ 4,85

MÍNIMO

R$ 4,78

COMPRA

R$ 4,69

VENDA

R$ 4,98

MÁXIMO

R$ 4,88

MÍNIMO

R$ 4,80

COMPRA

R$ 5,17

VENDA

R$ 5,18

MÁXIMO

R$ 5,21

MÍNIMO

R$ 5,12

PUBLICIDADE

voltar ao topo

Voltar ao topo