POLÍTICA

Santa Cruz passa a ter toque de restrição das 23h às 5h a partir de sexta-feira

Região também é afetada pela medida; Santa Casa anuncia contratações

Santa Cruz passa a ter toque de restrição das 23h às 5h a partir de sexta-feira

O prefeito Diego Singolani deve anunciar a medida no fim da tarde de hoje

Publicado em: 24 de fevereiro de 2021 às 17:19
Atualizado em: 30 de março de 2021 às 11:04

André Fleury Moraes

Santa Cruz do Rio Pardo passa a sofrer restrição de circulação de pessoas a partir desta sexta-feira, 26, das 23h até às 5h. A medida, anunciada pelo governador João Doria (PSDB) no início da tarde de hoje, vale para todo o Estado até dia 14 de março. Durante este período, aglomerações estão vetadas. O prefeito Diego Singolani deve explicar os detalhes das restrições até o final da tarde.

Não se trata de confinamento total durante as seis horas. Na prática, a medida pouco muda aquilo que já estava estabelecido pelo Plano São Paulo.

O termo ‘toque de restrição’ é novo e determina o período destinado a coibir aglomerações – especialmente eventos clandestinos – durante o período noturno.

A expectativa é de que a determinação freie o avanço da contaminação do novo coronavírus na cidade – especialmente com relação às festas clandestinas.

A região toda sofre aumento no número de casos confirmados da Covid. Sem número suficiente de vacinas, não há previsão para estabilizar a situação. Ontem, 23, Ourinhos registrou a 101ª morte causada pelo vírus.

De acordo com o comunicado do governo do Estado, a Polícia Militar vai auxiliar na fiscalização e aplicar multas para aqueles que não respeitarem as medidas restritivas de circulação a partir das 23h de sexta. 

Apesar da medida, a região de Marília - a que Santa Cruz pertence - permanece na fase laranja do Plano São Paulo. 

Em vídeo publicado ontem nas redes sociais, o prefeito Diego Singolani (PSD) alertou para o avanço da doença em Santa Cruz do Rio Pardo. “Os números estão aumentando, os índices estão crescendo, e a nossa preocupação também”, afirmou Diego.

Somente nesta terça-feira, 23, 33 pacientes estavam internados na Santa Casa de Santa Cruz. Doze deles na Unidade de Terapia Intensiva, a UTI.

Os números de internações e altas também não dão sinais de melhora na situação do vírus. Ontem foram seis internações contra cinco altas.

Ao todo, o município já registrou 2.045 casos confirmados da doença, 1.779 dos quais já se recuperaram. Outras 19 pessoas já morreram vítimas da Covid em Santa Cruz.

Segundo Diego, não há relato em Santa Cruz sobre a presença da variante do coronavírus. Por outro lado, e especialmente no pós-carnaval, ainda é preciso aguardar os resultados de novos exames.

O município também percebeu aumento no período em que os pacientes ficam internados. O fato prejudica a Santa Casa, já que interrompe a rotatividade de pessoas contaminadas dentro do hospital e, consequentemente, o número de leitos.

A Saúde de Santa Cruz também prepara um banco de currículos de profissionais da área que não estejam atuando no momento. “A dificuldade não é comprar novos respiradores ou aumentar o número de camas. Mas contratar profissionais habilitados e gabaritados para cuidar de pacientes”, disse o prefeito.

Médicos, enfermeiros e técnicos do setor podem encaminhar o currículo para a secretaria de Saúde. Alguns poderão ser contratados já de imediato.

PUBLICIDADE

SANTA CRUZ DO RIO PARDO

Previsão do tempo para: Sábado

Céu nublado com aguaceiros e tempestades
27ºC máx
19ºC min

Durante a primeira metade do dia Períodos nublados com aguaceiros e tempestades com tendência na segunda metade do dia para Céu encoberto com chuva moderada

COMPRA

R$ 5,59

VENDA

R$ 5,59

MÁXIMO

R$ 5,68

MÍNIMO

R$ 5,57

COMPRA

R$ 5,55

VENDA

R$ 5,89

MÁXIMO

R$ 5,82

MÍNIMO

R$ 5,72

COMPRA

R$ 6,69

VENDA

R$ 6,70

MÁXIMO

R$ 6,80

MÍNIMO

R$ 6,67

PUBLICIDADE

voltar ao topo

Voltar ao topo