REGIONAL

São Pedro do Turvo fica sem médicos após mudança de OS

Profissionais da antiga gestora pedem demissão e abrem crise no município

São Pedro do Turvo fica sem médicos após mudança de OS

Centro de Saúde de São Pedro do Turvo

Publicado em: 02 de abril de 2022 às 03:10

Sérgio Fleury Moraes

Praticamente todos os postos de saúde de São Pedro do Turvo ficaram sem atendimento médico na semana passada, depois que a Organização Social (OS) “Associação da Promoção Social e Saúde” (Asspross), de Marília, teve o contrato vencido. Porém, a vencedora de uma nova licitação ainda não assumiu os serviços por conta de um recurso apresentado por outra empresa. A empresa anterior já havia providenciado a demissão dos profissionais.

A reportagem esteve no posto de saúde do bairro Bom Jesus na tarde de quinta-feira, 31, que estava vazio. Um dos funcionários confirmou que o problema com a transferência de gestão provocou o problema da falta de médicos, mas que pelo menos dois profissionais estavam atendendo pacientes no Centro de Saúde.

No PS da vila Bom Jesus e na unidade do bairro da Água Suja os atendimentos médicos foram suspensos ou transferidos para o Centro de Saúde, no centro da cidade. Segundo informações, o próprio dono da OS “Promoção Social e Saúde”, Carlos Cachoni, dava plantão como médico junto com outro profissional.

A explicação é que o prefeito Marco Pinheiro (PSDB) — que viajou na semana passada para Campos do Jordão para participar de um congresso de municípios — determinou um aditamento emergencial, prorrogando por mais alguns dias o contrato com a OS de Carlos Cachoni. O problema é que não há garantias de que haverá médicos suficientes nos três postos de saúde do município.

A organização social vencedora da licitação e que deverá assumir a gestão dos postos de saúde é a “Associação Feminina de Marília Maternidade e Gota de Leite”, com sede em Marília.

A reportagem não encontrou no Centro de Saúde a secretária Elidiane Volpe Campos. Procurada por telefone, ela enviou uma nota confirmando que o processo de chamamento público para contratação de nova organização social “se estendeu além do prazo normal, em razão de recursos propostos por participantes”.

Segundo ela, houve a necessidade de “prorrogação emergencial com a OS Asspross”, mas que “as contingências ocasionadas pelo processo de troca da OS estão sendo solucionadas e os serviços regularizados”.

Elidiane explicou que a previsão para iniciar o novo contrato é 20 de abril e, embora reconheça que o corpo clínico esteja reduzido, ainda há profissionais atendendo a população. “A previsão é a normalização da equipe na semana que vem”, esclareceu a secretária. 

PUBLICIDADE

SANTA CRUZ DO RIO PARDO

Previsão do tempo para: Segunda

Períodos nublados
24ºC máx
13ºC min

Durante todo o dia Céu limpo

COMPRA

R$ 5,21

VENDA

R$ 5,21

MÁXIMO

R$ 5,28

MÍNIMO

R$ 5,20

COMPRA

R$ 5,08

VENDA

R$ 5,39

MÁXIMO

R$ 5,29

MÍNIMO

R$ 5,23

COMPRA

R$ 5,52

VENDA

R$ 5,52

MÁXIMO

R$ 5,57

MÍNIMO

R$ 5,51

PUBLICIDADE

voltar ao topo

Voltar ao topo