ESPORTE

Meia de Santa Cruz é convocado para a seleção brasileira sub-18

Juninho é jogador do Athetico Paranaense e tem contrato até 2026

Meia de Santa Cruz é convocado para a seleção brasileira sub-18

Juninho comemora gol pelo Athetico Paranaense

Publicado em: 09 de outubro de 2021 às 04:08
Atualizado em: 20 de outubro de 2021 às 20:36

Sérgio Fleury Moraes

Na certidão de nascimento, consta que Luiz Fernando Silvestre Júnior nasceu em Assis-SP. Na verdade, o jogador Juninho sempre foi de Santa Cruz do Rio Pardo e nasceu prematuro, quando os médicos da cidade recomendaram a transferência da mãe, Roseli Cristiane Rossi, para o hospital de Assis.

“Tive problemas na época e meu filho pegou contaminação hospitalar. Ficou vários dias em Assis até que pudemos voltar para Santa Cruz”, conta Roseli, atualmente com 39 anos e funcionária de uma empresa que presta serviços ao setor de Saúde do município. Hoje, a família comemora a convocação do meia para a seleção brasileira sub-18, que já está concentrada na Granja Comary no Rio de Janeiro.

Juninho faz parte das categorias de base do Athetico Paranaense há vários anos, mas agora, aos 18 anos, já se aproximou dos titulares e, inclusive, atuou no time principal. Aliás, ele pode jogar a final da Copa Sul-Americana, partida inicialmente prevista para o próximo dia 20 de novembro, contra o Bragantino.

“O Paulo Autuori [diretor técnico do clube] conversa muito com ele e explicou que o Juninho deve ser escalado aos poucos para ganhar experiência. Ele já jogou a semifinal do paranaense e alguns jogos da Sul-Americana e do Brasileiro”, contou o pai, Luiz Fernando Silvestre, que trabalha na construção civil.

Os pais Roseli e Luiz Fernando

O jogador juvenil estudou na escola “Zilda Comegno Monti”, de Santa Cruz do Rio Pardo, antes de ser sondado por vários clubes. Neste período de criança e pré-adolescente, jogou em clubes amadores e pela própria escola, conquistando títulos.

Aos 11 anos, por exemplo, Juninho estava no Internacional do Rio Grande do Sul, mas os pais avaliaram que era muito longe para o menino. Depois, ficou três meses no São Paulo até que foi chamado pelo Athetico. Tinha, então, 13 anos. Ficou alojado num centro especial para garotos até completar 15 anos, assinar um pré-contrato e ser autorizado a ficar no alojamento principal.

Juninho fica na Granja Comary, local de treinamentos da CBF, até a próxima terça-feira, 12. O técnico Dudu Patetuci convocou 23 atletas que se destacaram em 13 clubes brasileiros para seguir o projeto de desenvolvimento da geração nascida em 2003 e prepará-la para a disputa do Torneio Sul-Americano Sub-20 no próximo ano, que será classificatório para a Copa do Mundo da categoria. Até lá, Juninho terá quase 20 anos.

O meia é o terceiro santa-cruzense convocado para categorias de base da seleção brasileira. O primeiro foi o goleiro Pedro do Palmeiras – que mora em Espírito Santo do Turvo, mas nasceu em Santa Cruz – para a seleção Sub-15. Depois o goleiro santa-cruzense Kauê, do Corinthians, foi convocado para a seleção brasileira Sub-17.

Juninho ao lado de Marcelinho Carioca

Coincidentemente, os pais de Juninho estavam em Curitiba, visitando o filho na sede do Athetico Paranaense, quando a notícia chegou no último sábado de setembro. “Nós estávamos numa churrascaria almoçando com o Juninho e seu empresário. Foi quando um amigo telefonou e deu a notícia. Foi uma alegria enorme e começamos a comemorar”, contou o pai do jogador. O churrasco, então, teve um novo sabor.

Juninho é um pouco acanhado, mas está animado para conseguir a convocação final da seleção Sub-20. Segundo os pais, viajar para o exterior será um novo desafio para o jogador. “Quando estava nas escolinhas de futebol em Santa Cruz, no CAS (Clube Atlético Santacruzense) ou no Sindicato, ele disputou campeonatos regionais e ficava dias fora de casa”, disse Roseli.

Luiz Fernando e Roseli também são pais de Gustavo, 7, mas sabem que o caçula não é apaixonado pelo futebol. “Mas o Juninho começou a chutar ainda na barriga”, brinca Roseli. Ele cresceu chutando laranjas e qualquer objeto redondo. “A gente comprava um brinquedo diferente e ele não gostava. Só queria bola, que rapidamente acabava. Com o tempo, quis chuteira, meião e camisetas”, contou a mãe.

 

* Colaborou Toko Degaspari

PUBLICIDADE

SANTA CRUZ DO RIO PARDO

Previsão do tempo para: Segunda

Períodos nublados com aguaceiros e tempestades
29ºC máx
19ºC min

Durante a primeira metade do dia Períodos nublados com aguaceiros e tempestades com tendência na segunda metade do dia para Céu encoberto com chuva moderada

COMPRA

R$ 5,52

VENDA

R$ 5,52

MÁXIMO

R$ 5,54

MÍNIMO

R$ 5,49

COMPRA

R$ 5,50

VENDA

R$ 5,83

MÁXIMO

R$ 5,67

MÍNIMO

R$ 5,64

COMPRA

R$ 6,29

VENDA

R$ 6,30

MÁXIMO

R$ 6,30

MÍNIMO

R$ 6,29

PUBLICIDADE

voltar ao topo

Voltar ao topo