SOCIEDADE

Posto Kafé tem canil e gatil funcionando há seis meses

Gerente explica que visitantes podem escolher animais para adoção; maioria foi abandonada nas rodovias ou no Paloma

Posto Kafé tem canil e gatil funcionando há seis meses

Em caixas nas paredes, gatos observam os visitantes

Publicado em: 13 de novembro de 2021 às 03:27
Atualizado em: 17 de novembro de 2021 às 21:25

Sérgio Fleury Moraes

Uma das maiores satisfações de Natanael Serafim da Silva, 41, é receber fotos de gatos ou cachorros adotados por pessoas no centro montado no Posto Kafé, da Rede Graal, em Santa Cruz do Rio Pardo. “Nael”, como é conhecido, que é o gerente do Kafé e uma espécie de “coordenador” da novidade no estabelecimento, costuma receber estas fotos como gratidão das famílias. O posto, por sinal, já oferecia vários benefícios aos animais de visitantes, como locais próprios para acomodação durante o almoço da família em trânsito.

O Kafé é um dos mais belos postos temáticos da Graal, uma das maiores redes do Brasil e com fortes raízes no município, também proprietária do Paloma, alguns quilômetros adiante. Localizado no quilômetro 316 da rodovia João Batista Cabral Rennó (SP-225), no município de Santa Cruz do Rio Pardo, o Kafé possui uma réplica da estação de trem, cuja locomotiva funciona aos domingos, além de um armazém ferroviário e vários objetos e fotos antigas.

Entre as relíquias estão um Fusca dos anos 1960 e um luxuoso Ford 1946, todos em impecável estado de conservação, que costumam encantar os visitantes do Kafé. Além disso, o posto oferece música ao vivo aos domingos, sob o comando de Mário Nelli.

 

A locomotiva de trem funciona todos os domingos no posto Estação Kafé

A novidade mais recente foi a construção do canil e do gatil que, segundo Everton, abriga animais abandonados ou transferidos do Posto Paloma, que também possui um centro para cães e gatos. A iniciativa, por sinal, partiu de uma das proprietárias, a empresária Cássia Toneta, amante dos animais.

Há duas semanas, a Câmara de Santa Cruz do Rio Pardo aprovou uma “moção de louvor” à empresária pelas atitudes em prol dos animais abandonados, apresentada pelo vereador Carlos Alberto da Silva (PSL).

À ESPERA DE ADOÇÃO — Natanael brinca com um dos cachorros abandonados e que esperam um novo lar

O gerente ‘Nael‘ está no Posto Kafé há 15 anos. Segundo ele, o estabelecimento possui um público diferenciado exatamente por ser temático e, assim, surgiu o projeto para construção de um canil e gatil com o objetivo de dar visibilidade aos animais que podem ser adotados. Todos são castrados e vacinados, inclusive com carteirinha, e o local é conservado e cuidado por pelo menos dois funcionários.

O espaço também possui parcerias com empresas e clínicas de Santa Cruz do Rio Pardo. A alimentação de ração balanceada, por exemplo, é fornecida pela indústria Special Dog, enquanto a clínica “Medcão” é responsável pela assistência veterinária e avaliação dos animais.

Tanto o canil como o gatil possuem um design moderno, num projeto elaborado por um dos próprios colaboradores do Kafé. O gatil, por exemplo, tem caixas pregadas na parede e até um banco de areia para proporcionar um movimento constante dos animais. Além disso, os espaços possuem bebedouros e um sistema alimentação automatizados.

Cão se “exibe” para visitantes

 

Nael conta que a maioria dos animais são recolhidos pelo Posto Paloma antes de serem encaminhados ao Kafé. “Muitos são abandonados na própria rodovia ou até no pátio do Paloma. No gatil e canil, recebem tratamento e ficam à espera de um novo lar. Hoje, na verdade, cães e gatos são considerados membros das famílias e isto é muito gratificante”, diz.

O gerente, por sinal, também adora animais e isto fica claro quando entra no espaço e é cercado por cães ou gatos. “Sou pai da Luiza, uma menina de seis anos, e temos uma cachorrinha e gatos. Então, sabemos o que é carinho”, explicou.

A adoção não é feita somente durante uma visita ao posto. O interessado, segundo Nael, pode acompanhar os animais através de fotos nas redes sociais e, após a escolha, entrar em contato com a gerência do estabelecimento — pelo telefone (14) 99786-9314 — e acertar os detalhes da adoção responsável. Ele avisa, porém, que o espaço não recebe animais que as pessoas não mais desejam. “Não temos capacidade para isto”, explicou.

De acordo com o gerente do Kafé, muitas adoções acontecem de maneira inesperada. “São famílias que passam pelo posto, geralmente com crianças, e se encantam com algum animal”, conta.

Crianças da creche “Inês Castro” visitam o gatil

Todas as semanas algum animal deixa o posto com uma nova família. Nos últimos dias, chegaram 15 filhotes prontos para adoção, nascidos de duas cadelinhas que estão no canil do Paloma. Eles já foram transferidos para o Kafé e estão à disposição de interessados.

O gerente diz que as famílias que adotam os animais se transformam em amigas do estabelecimento. Assim, a maioria envia fotos dos bichinhos já em seus novos lares. “Mas também acontece de as pessoas trazerem os animais numa nova visita. É muito emocionante, pois estes casos mostram claramente um amor à primeira vista”, diz Nael.

 

* Colaborou Toko Degaspari

PUBLICIDADE

SANTA CRUZ DO RIO PARDO

Previsão do tempo para: Quinta

Períodos nublados
32ºC máx
19ºC min

Durante todo o dia Céu limpo

COMPRA

R$ 5,44

VENDA

R$ 5,44

MÁXIMO

R$ 5,44

MÍNIMO

R$ 5,44

COMPRA

R$ 5,44

VENDA

R$ 5,77

MÁXIMO

R$ 5,61

MÍNIMO

R$ 5,61

COMPRA

R$ 6,17

VENDA

R$ 6,18

MÁXIMO

R$ 6,18

MÍNIMO

R$ 6,17

PUBLICIDADE

voltar ao topo

Voltar ao topo