ECONOMIA

Confraria

Onde há vinhos e amigos deve reinar o congraçamento, de maneira que os mais experientes devem orientar os mais novos a como fazer a degustação e o que deve ser percebido no vinho

Confraria

Publicado em: 01 de abril de 2022 às 17:00
Atualizado em: 02 de abril de 2022 às 07:41

Há tempos pensei em abordar este tema, mas não o fiz, pois poderia ser taxado de politicamente incorreto por estimular aglomeração, pois a pandemia da covid-19 estava mais severa e o isolamento social era uma recomendação que, mal ou bem, cada um seguia conforme as suas possibilidades e necessidades.

Estou me referindo à realização de uma Confraria de Vinhos. Que nada mais é do que encontro de pessoas que tenham o interesse comum em conhecer e provar novos vinhos.  Não é difícil montar uma. Geralmente é mensal e é importante definir o número de participantes conforme a quantidade de rótulos que se deseja provar em cada reunião. Estimo, pela experiência, que, no início, nove participantes é um número ideal, pois cada um receberia um pouco mais de 80 ml de cada garrafa, o que é suficiente para realizar uma degustação. Assim, se poderia selecionar 3, 4 ou mais rótulos diferentes. Uma grande vantagem está no fato de se experimentar vinhos que, dificilmente, se comprariam em razão do desconhecimento ou pelo seu valor elevado. Mas, a indicação segura feita por alguém mais entendido e a divisão do valor por 8 ou 9 confrades e confreiras torna tudo acessível.

Nesta esteira, é necessário estabelecer previamente o valor máximo que cada membro vai despender com vinhos e tal cifra deve ser obedecida por quem for escalado para realizar a compra, de maneira a evitar o surgimento de dissabores com discussões relativas a gastos. Além deste ponto, é de suma importância que seja fixado um tema para cada reunião. De maneira que tal tema será o elemento chave para a escolha dos vinhos e o fio condutor da degustação de cada garrafa. O tema pode ser genérico, como "Vinhos da Itália”, ou mais específico, “Vinhos da Toscana”, ou até mais restrito: “Vinhos de Chianti”. Um tema interessante, que sempre aparece no verão é: “Espumantes pelo mundo”. O que dá a possibilidade de se provar espumantes produzidos em diversas partes do globo, com a presença garantida de um Champagne.

Cada reunião deve ser conduzida por um dos integrantes, que pode fazer uma exposição prévia sobre o tema ou, até mesmo, chamar alguém entendido para fazer a explanação. Ainda é possível se socorrer da internet na busca de artigos, que devem ser bem curtos, ou até mesmo de vídeos. Há milhares no Youtube. Friso: a exposição do tema é importante e vai justificar o porquê da escolha dos rótulos e agregar conhecimento e experiência para a degustação. Mas não se trata de aula, de algo enfadonho. Antes, deve ser agradável e despertar o interesse e a curiosidade pelo vinho que se vai degustar.

Uma das riquezas das confrarias é a degustação às cegas. Calma! Ninguém terá os olhos vendados, mas cada garrafa é coberta por uma sacolinha de tecido devidamente numerada, de maneira a ocultar o rótulo e, em alguns casos, o formato da garrafa. Desta maneira o degustador não será influenciado pelo rótulo ou, até mesmo pelo preço do vinho, dado que se recomenda, dentro do valor total estipulado, sejam adquiridas garrafas de vinhos simples e, até, mais caras.

Onde há vinhos e amigos deve reinar o congraçamento, de maneira que os mais experientes devem orientar os mais novos a como fazer a degustação e o que deve ser percebido no vinho. Todos são convidados a se manifestar sobre o vinho provado, falar de sua impressão e até arriscar um palpite de que vinho seria, diante do tema escolhido. Mas, os iniciantes devem falar primeiro para não se sentirem constrangidos por exposições mais detalhadas feitas por algum veterano ou, simplesmente, tentarem repetir o que um deles tenha dito. Ao final, os vinhos são revelados. Às vezes acontece que os vinhos baratos ganham preferência em relação aos caros.

A confraria deve escolher se haverá petiscos ou pratos para acompanhar os vinhos. Lembrando que os alimentos são acessórios que têm por finalidade enriquecer a degustação. Por exemplo, tratando-se de Itália, pode-se escolher alguma massa ou uma carne.

Vamos montar uma confraria? Não é difícil! Se precisar de ajuda, faça contato: azevedoferreira@uol.com.br

PUBLICIDADE

SANTA CRUZ DO RIO PARDO

Previsão do tempo para: Segunda

Períodos nublados
24ºC máx
13ºC min

Durante todo o dia Céu limpo

COMPRA

R$ 5,21

VENDA

R$ 5,21

MÁXIMO

R$ 5,28

MÍNIMO

R$ 5,20

COMPRA

R$ 5,08

VENDA

R$ 5,39

MÁXIMO

R$ 5,29

MÍNIMO

R$ 5,23

COMPRA

R$ 5,52

VENDA

R$ 5,52

MÁXIMO

R$ 5,57

MÍNIMO

R$ 5,51

PUBLICIDADE

voltar ao topo

Voltar ao topo