GERAL

Vacina nos dá segurança para promover Festa do Peão, diz Diego

Segundo prefeito, alto índice de contaminações não refletem nos leitos de UTI

Vacina nos dá segurança para promover Festa do Peão, diz Diego

O prefeito Diego Singolani (PSD) durante coletiva realizada na manhã desta terça-feira, 11

Publicado em: 11 de janeiro de 2022 às 10:15
Atualizado em: 11 de janeiro de 2022 às 12:35

André Fleury Moraes

O governo Diego Singolani (PSD) confirmou em reunião nesta manhã, 11, o início da Festa do Peão em Santa Cruz do Rio Pardo no próximo dia 18.

Apesar do avanço da Covid-19 na região e do aumento de número de casos na cidade, provavelmente em função da nova variante Ômicron, o evento será realizado com maior fiscalização para entrada no recinto.

Segundo o prefeito Diego Singolani (PSD), os bons índices de vacinação dão segurança à realização do evento.

“É importante que todos saibam que os eventos que possuem apoio do município estão sendo monitorados de acordo com as regras do Plano São Paulo”, afirmou o prefeito.

Segundo ele, o parâmetro de avaliação às medidas restritivas desde o início da pandemia eram os leitos hospitalares, hoje desocupados ante o aumento nos índices de vacinação.

“Quanto mais pacientes internados, maiores eram as probabilidades de fechamento e restrição de circulação”, disse.

Além de Diego, estavam na reunião empresário Edson Marrero, realizador da Festa do Peão, o promotor Marcelo Saliba, o presidente da Câmara Cristiano Miranda (PSB), a secretária de Saúde Anelise Leitão e a coordenadora de vigilância epidemiológica Carol Mariano.

O empresário Edson Marrero (André Fleury / DEBATE)

Desde novembro, quando a pandemia arrefeceu em função dos altos índices de vacinação no município, a Santa Casa de Santa Cruz registrou quase nenhum paciente internado – os únicos que precisaram de atendimento foram à clínica médica, e não para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

“A população vacinada com a primeira dose já chega a 100%, e com a segunda dose, 98%”, detalhou.

Diego disse que os altos índices de contaminação são reflexo das festividades de final de ano e que a Santa Casa já registra menos atendimentos nesta metade de janeiro. Segundo ele, o pico aconteceu na primeira semana de 2022.

“Não podemos nos esquecer que a Festa do Peão não é apenas um evento comum. Ela tem um papel importante na economia e no turismo santa-cruzense”, disse o prefeito.

Diego ressaltou que os valores gastos com o aniversário da cidade não chegam a 1% do que é investido em Saúde e Educação mensalmente.

PUBLICIDADE

SANTA CRUZ DO RIO PARDO

Previsão do tempo para: Quinta

Períodos nublados
32ºC máx
19ºC min

Durante todo o dia Céu limpo

COMPRA

R$ 5,44

VENDA

R$ 5,44

MÁXIMO

R$ 5,44

MÍNIMO

R$ 5,44

COMPRA

R$ 5,44

VENDA

R$ 5,77

MÁXIMO

R$ 5,61

MÍNIMO

R$ 5,61

COMPRA

R$ 6,17

VENDA

R$ 6,18

MÁXIMO

R$ 6,18

MÍNIMO

R$ 6,17

PUBLICIDADE

voltar ao topo

Voltar ao topo