POLÍTICA

'Se tiver vacina, Diego vai vacinar a população inteira', diz líder do governo

Câmara de Santa Cruz autorizou município a aderir a consórcio nacional

'Se tiver vacina, Diego vai vacinar a população inteira', diz líder do governo

O vereador Lourival Heitor disse que prefeito quer vacinar toda a população

Publicado em: 16 de março de 2021 às 01:30
Atualizado em: 30 de março de 2021 às 11:18

A Câmara de Santa Cruz do Rio Pardo aprovou na noite desta segunda-feira, 15, por unanimidade, projeto do prefeito Diego Singolani (PSD) que autoriza o município a ingressar no consórcio coordenado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) para comprar vacinas. A data limite para a adesão é 19 de março. Praticamente todos os municípios da região estão aderindo ao consórcio, que visa obter doses para acelerar a vacinação da população.

O líder do governo, vereador Lourival Heitor (SD) contou que conversou sobre o assunto com o prefeito Diego Singolani e lamentou que a pandemia esteja sendo politizada. “A nossa cidade tem superávit suficiente para comprar a vacina que for necessária. Inclusive, o prefeito me disse que, se houver a vacina, a população inteira será vacinada”, afirmou.

A única polêmica aconteceu quando o vereador Juninho Souza (Republicanos) disse que esta é a região do Estado que menos vacinou contra a covid-19 e colocou em dúvida se os municípios vão realmente receber os insumos ou se deverão entregar as vacinas para o governo federal. “Vejo que este projeto é bom, mas é populista. Esta vacina não vai chegar aos municípios, mas deverá ser encaminhada ao Centro de Imunização. Não vai vir nada para o município e é isto o que eu puxei na internet”, disse.

Na verdade, esta é uma “fake news” espalhada pelas redes sociais, já que o próprio presidente Jair Bolsonaro assinou Medida Provisória autorizando a compra de vacinas pelos municípios. Por sua vez, o STF também autorizou a compra de imunizantes pelos Estados e municípios.

O único veto presidencial é sobre os recursos a serem utilizados, já que Bolsonaro proibiu a compra dos municípios com dinheiro do governo federal. Desta forma, a quantidade de imunizantes adquirida pelo município será entregue diretamente na cidade.

Para o presidente da Câmara, Cristiano Miranda (PSB), “há uma guerra política” que prejudica a vacinação no Brasil. Depois, ele admitiu que o governador João Doria (PSDB) ao menos está fazendo a sua parte, ao adquirir vacinas e implantar parcerias com o Instituto Butantan para a fabricação dos imunizantes.

Com a adesão, Santa Cruz do Rio Pardo vai aguardar a negociação entre o consórcio e os laboratórios internacionais fabricantes de vacinas. Por enquanto, a tendência é pela aquisição da vacina Sputnik-V, da Rússia.

PUBLICIDADE

SANTA CRUZ DO RIO PARDO

Previsão do tempo para: Quarta

Períodos nublados
28ºC máx
16ºC min

Durante todo o dia Céu limpo

COMPRA

R$ 5,69

VENDA

R$ 5,70

MÁXIMO

R$ 5,74

MÍNIMO

R$ 5,66

COMPRA

R$ 5,66

VENDA

R$ 6,00

MÁXIMO

R$ 5,88

MÍNIMO

R$ 5,81

COMPRA

R$ 6,81

VENDA

R$ 6,82

MÁXIMO

R$ 6,86

MÍNIMO

R$ 6,78

PUBLICIDADE

voltar ao topo

Voltar ao topo