POLÍTICA

‘Psiu’ recebe uma indenização da Câmara por acidente em elevador

Ex-vereador caiu no fosso do elevador do prédio em março, sofreu fraturas e tem sequelas até hoje

‘Psiu’ recebe uma indenização da Câmara por acidente em elevador

Luiz Carlos “Psiu” Novaes Marques foi vereador de 2009 a 2016

Publicado em: 27 de dezembro de 2023 às 18:01

Sérgio Fleury Moraes

 

Os vereadores de Santa Cruz do Rio Pardo aprovaram na sessão de segunda-feira, 18, um projeto da Mesa Diretora autorizando o pagamento de indenização ao ex-vereador Luiz Carlos “Psiu” Novaes Marques, que é cadeirante. No final de março, ele foi entrar no elevador com a cadeira, de costas como sempre fazia, mas não percebeu que, embora a porta se abrisse, o elevador não estava no local. “Psiu” caiu de uma altura de dois metros.

O ex-vereador bateu com a cabeça no fundo do fosso do elevador. O acidente provocou uma fratura no quadril e um corte profundo na região da nuca. “Psiu” provavelmente desmaiou por um tempo após a queda. Ele não se lembra, mas usou o celular para pedir socorro. Minutos depois, foi retirado do buraco pelos bombeiros e levado ao hospital.

Ele não sentiu dores com a fratura porque, como cadeirante, não possui sensibilidade no quadril. A cadeira de rodas quebrou na queda. No entanto, o ex-vereador teve uma grave sequela após o acidente. “Eu não tenho mais paladar e nem olfato. Fiz exames e o médico acredita que eu posso não recuperar mais estes sentidos”, disse “Psiu”.

Na época do acidente, o ex-vereador disse que não pretendia acionar a Câmara Municipal por alguma indenização. No entanto, mudou de ideia ao perceber que os estragos na cadeira de rodas foram grandes e que o Legislativo tinha seguro contra acidentes.

 

"Psiu" é levado para o hospital por bombeiros, após ser retirado do fosso do elevador da Câmara: acidente aconteceu em março

 

A Câmara Municipal possui apólices de seguros contra acidentes e o ex-vereador reivindicou uma indenização para arcar com os custos de uma cadeira de rodas. Como a seguradora não paga diretamente a vítima, a Mesa Diretora elaborou um decreto de resolução autorizando o Legislativo a repassar ao ex-vereador o valor da apólice. O total aprovado foi de R$ 10.900,00.

De acordo com o projeto – aprovado por todos os vereadores -, a quantia seria paga como indenização por dano material. Na época, o elevador da Câmara foi imediatamente interditado pelo presidente Lourival Heitor (SD).

A seguradora não concordou em pagar indenização por danos morais. Assim, o valor do seguro é relativo aos danos na cadeira de rodas. O modelo acidentado possui amortecedores e outras características inovadoras, avaliada, segundo “Psiu”, em mais de R$ 20 mil.

O ex-vereador disse que entregou à seguradora três orçamentos de equipamentos similares, sendo aprovado o de menor valor. “Eu estou tentando arrumar a cadeira, mas o fabricante já não existe mais”, disse Luiz Carlos “Psiu” Marques.

O valor de R$ 10.900,00 foi repassado na quinta-feira, 21, ao ex-vereador. “Meu maior prejuízo foi a perda do paladar e do olfato. Isto incomoda muito, pois eu me alimento sem sentir cheiro ou gosto”, explicou. “O médico especialista não tem muita esperança de os sentidos voltarem. Ele pediu um exame de ressonância magnética e estou aguardando o agendamento”, contou.

“O que me consola é que poderia ter sido até pior. Eu poderia morrido no acidente”, disse “Psiu”.

Figura polêmica na política de Santa Cruz do Rio Pardo, o ex-vereador reestruturou o PP para lançar uma chapa de vereadores na próxima eleição e apoiar o ex-prefeito Otacílio Parras.

SANTA CRUZ DO RIO PARDO

Previsão do tempo para: Segunda

Céu limpo
28ºC máx
13ºC min

Durante todo o dia Céu limpo

COMPRA

R$ 5,57

VENDA

R$ 5,57

MÁXIMO

R$ 5,61

MÍNIMO

R$ 5,54

COMPRA

R$ 5,43

VENDA

R$ 5,75

MÁXIMO

R$ 5,63

MÍNIMO

R$ 5,57

COMPRA

R$ 6,06

VENDA

R$ 6,07

MÁXIMO

R$ 6,11

MÍNIMO

R$ 6,03
voltar ao topo

Voltar ao topo