POLÍTICA

Diego afirma que havia alertado sobre possibilidade de cancelamento do rodeio

Prefeito disse que não dormiu após as notícias de mortes de pacientes; Jogos Santacruzenses também será cancelado

Diego afirma que havia alertado sobre possibilidade de cancelamento do rodeio

Diego contou como ocorreu a reunião na manhã deste domingo que decidiu sobre a suspensão da Festa do Peão

Publicado em: 16 de janeiro de 2022 às 18:06
Atualizado em: 16 de janeiro de 2022 às 18:19

“Estou mais aliviado”. Esta é a frase com que o prefeito Diego Singolani (PSD) avaliou a difícil decisão de adiar a “Festa do Peão de Boiadeiro” anunciada neste domingo. O evento seria a principal atração do aniversário de Santa Cruz do Rio Pardo, mas foi suspenso devido ao agravamento da pandemia, com a morte de duas mulheres idosas neste final de semana.

Na conversa com o jornal, o prefeito contou que já estava muito preocupado desde sexta-feira, quando os relatórios da secretaria de Saúde indicaram um aumento brutal no número de contaminados pelo coronavírus. De sexta, 7, até hoje, 16, um espaço de apenas dez dias, houve 643 novos casos de pacientes contaminados.

“Nestes casos, você precisa deixar o político de lado e agir pela Saúde”, explicou o prefeito. “Eu sou um administrador e não tomo decisões pensando na política. Enquanto existia segurança epidemiológica, a festa estava mantida. Com o agravamento da situação e novas mortes, eu não pensei duas vezes”, afirmou.

Na verdade, desde o momento em que o rodeio estava autorizado, Diego já havia anunciado que, caso houvesse qualquer mudança negativa no quadro da pandemia, ele não hesitaria em cancelar festividades. “Eu avisei antes e, portanto, estou com a consciência tranquila e aliviado”, revelou.

Nas redes sociais, o prefeito está sendo alvo de críticas há várias semanas, quando a Festa do Peão ainda estava programada para acontecer a partir de terça-feira, 18. “Por ocasião daquela coletiva no último dia 12, eu fui muito claro em dizer que estava monitorando os números e que, caso houvesse quadros graves, a festa seria cancelada mesmo que fosse na véspera”, disse.

Diego lembrou que muitas pessoas que o criticavam agora estão enviando mensagens a ele, cumprimentando-o pela coragem e também dizendo-se aliviadas.

No entanto, o prefeito disse que não entende o posicionamento de outras pessoas que insistem em criticá-lo, mesmo com o adiamento da festa. “Só pode ser maldade”, avaliou. Para Diego, estas pessoas estão criando “lendas” nas redes sociais, publicando inverdades e fake news. Segundo ele, só falta ligar estas duas mortes ao rodeio que nem sequer foi realizado.

O prefeito também desmentiu as versões de que uma paciente que morreu foi transferida para Marília porque a Santa Casa de Santa Cruz do Rio Pardo não possui mais UTI credenciada. Segundo ele, foi o governo de São Paulo quem determinou a centralização das internações por covid-19 no Hospital das Clínicas de Marília.

“Todo o fluxo de pacientes foi transferido para Marília e não tem nada a ver com a nossa UTI. A nossa estrutura, os equipamentos e médicos continuam na Santa Casa e a UTI está sendo totalmente reformada, razão pela qual nós pedimos o descredenciamento”, disse.

 

'Eu sempre fui a favor da vida'

 

Diego contou que o retorno de mortes pela covid fez com que ele tomasse a decisão de suspender não apenas a Festa do Peão, mas os Jogos Santa-cruzenses e todas as festividades de aniversário da cidade que impliquem em público ou aglomerações.

Para piorar o quadro, o agravamento da pandemia acontece num momento em que o município está sendo obrigado a demitir uma centena de funcionários do setor de Saúde, por força de uma decisão judicial do Tribunal de Justiça de São Paulo.

“Eu nem dormi esta noite”, disse, pensando em como daria a notícia ao empresário Edson Marrero, o maior prejudicado com o adiamento, uma vez que deve arcar com um prejuízo enorme.

Edson Marrero (na foto com a mulher Rosana e a filha Mariana) também concordou com o adiamento da Festa do Peão

 

Ele se reuniu com Marrero na manhã deste domingo e Diego disse que se surpreendeu com a compreensão do empresário. “Ele foi muito parceiro e teve muita calma para compreender a situação. Na verdade, ele me acalmou porque eu estava tremendo com os acontecimentos”, disse.

Em seguida, a secretária de Comunicação, Marina Belei, ajudou a escrever uma nota oficial que foi divulgada na tarde deste domingo. “Pretendo aumentar a fiscalização sobre os protocolos sanitários”, disse, avaliando que o aumento dos casos aconteceu pelas festividades do final de ano e de pessoas em férias que retornam a Santa Cruz.

O prefeito vai conceder uma entrevista coletiva à imprensa às 11h desta segunda-feira, para dar mais detalhes sobre o cancelamento dos eventos e o recrudescimento da pandemia em Santa Cruz do Rio Pardo.

PUBLICIDADE

SANTA CRUZ DO RIO PARDO

Previsão do tempo para: Terça

Céu limpo
27ºC máx
12ºC min

Durante todo o dia Céu limpo

COMPRA

R$ 4,82

VENDA

R$ 4,82

MÁXIMO

R$ 4,85

MÍNIMO

R$ 4,78

COMPRA

R$ 4,69

VENDA

R$ 4,98

MÁXIMO

R$ 4,88

MÍNIMO

R$ 4,80

COMPRA

R$ 5,17

VENDA

R$ 5,18

MÁXIMO

R$ 5,21

MÍNIMO

R$ 5,12

PUBLICIDADE

voltar ao topo

Voltar ao topo