Arquivo: o DEBATE na história

Em agosto de 1985, a manchete do jornal anunciava que a prefeitura tinha planos de comprar o prédio do Cine São Pedro, pertencente à empresa Pedutti. O secretário de Cultura, Magalli Junqueira, antecipou que o prefeito Onofre Rosa de Oliveira já estava negociando valores com a família Pedutti, de Botucatu (no ano seguinte, a compra foi fechada e surgia o “Palácio da Cultura Umberto Magnani Netto). Na Câmara, repertiu a declaração do bispo de Botucatu, d. Vicente Zioni, culpando a prefeitura pela demora na regularização dos terrenos do distrito de Espírito Santo do Turvo. Já nos altos da cidade, moradores dos bairros Popular, Ettore Cortela e Oswaldo Cortela voltavam a protestar contra a falta de asfalto, principalmente no “estradão” — hoje a avenida Jesus Gonçalves. Eles bloquearam a via pública para chamar a atenção das autoridades.

  • Publicado na edição impressa de 09/02/2020
Sobre Sergio Fleury 5534 Artigos
Proprietário e Editor do Jornal Debate