Beto Magnani: ‘A pizza’

A pizza

 

Beto Magnani
Da Equipe de Colaboradores

— Seria trágico se não fosse cômico!

— Nunca ri tanto!

— O idiota só fala besteira. Até no Tribunal!

— Se supera a cada minuto. Você viu o vídeo de hoje? É hilário de tão absurdo!

— Não tem a menor condição para estar onde está!

— Mas está. E legitimamente.

— Essa é a parte trágica salva pelo cômico.

— Só nos resta dar boas risadas.

— Risadas lamentáveis. Risos de lamento.

— Não há o que fazer. Não tem nem como conversar.

— Impossível. Muita barbárie numa pessoa só.

— Antes fosse uma pessoa só. Tem a corja. Que é bem grande.

— Enorme. Impressionante.

— Quanto tempo falta?

— Mais dez minutos tá pronto.

— Não vai deixar queimar.

— Só uma torradinha básica pra ficar crocante.

— Você sempre queima. Adora queimar.

— Gosto das bordas pretinhas. É gostoso.

— Desde criança. Taca fogo em tudo.

— A fogueira me inspira.

— Inspira? Sei. Inspira é fumaça.

— O fogo é bonito.

— Bonito e destruidor.

— Incontrolável. Belo e incontrolável.

— O mundo queimando e você idolatrando o fogo. Deixa de ser idiota!

— Voltamos ao idiota!

— Só que agora o idiota é você.

— O fogo não tem culpa. Os únicos culpados somos nós; os idiotas.

— Ainda bem que assume.

— Se não fosse o fogo não teríamos as Portuguesas.

— Prefiro Calabresa. Você sabe. Você fez do quê?

— E se não fosse as Portuguesas não teríamos o Brasil.

— Que idiota! Agora foi você que se superou. Parabéns!

— Acho que tá pronto.

Era o casal que mudou há um mês para a casa vizinha. Ouvi, não resisti. Falam alto. Nos primeiros dias eu achava que era briga. Adoram pizza. O cheiro me faz passar vontade dia sim dia não. Na semana passada quase pedi um pedaço, mas não tive coragem. Ainda não me conhecem. Já pensei em comprar um pão caseiro e levar para eles dizendo que fui eu que fiz. Quem sabe eles me retribuem com pedaços de pizza de vez em quando? Só pensei. Foi só uma ideia. Idiota. (Magú)

 

  • Publicado na edição impressa de 20 de setembro de 2020