REGIONAL

Grupo restaura a antiga fonte de Sodrélia; espaço será revitalizado

Avenida vai ganhar 'deck' de madeira e distrito pode se transformar em ponto turístico

Grupo restaura a antiga fonte de Sodrélia; espaço será revitalizado

Vinícius Cassiolato e Mauro Mioto, na praça já com o monumento da fonte instalado

Publicado em: 26 de março de 2022 às 06:11

Sérgio Fleury Moraes


A principal praça de Sodrélia ganhou de volta um monumento que encantava famílias nos anos 1960 e 1970: a fonte com uma peça de cimento entalhado representando o mundo das águas com um anjo no alto. A recuperação da peça e da própria fonte esteve a cargo de um grupo de amigos que moram no distrito de Santa Cruz do Rio Pardo, entre eles Vinícius Cassiolato e Mauro Mioto. A restauradora de imagens Flávia Soares deu contornos originais à base do monumento, a única que sobrou do original.
A fonte de Sodrélia foi construída nos anos 1960 como uma réplica reduzida da existente em Santa Cruz do Rio Pardo, na praça Leônidas Camarinha, embora totalmente de cimento. Aliás, a peça “mundo das águas” ornamentava inicialmente a praça central da cidade. Ainda com o nome de “Praça da República”, o espaço foi totalmente reformado ao ganhar uma fonte luminosa.
Assim, o monumento antigo foi transferido para Sodrélia e se tornou um atrativo para as famílias do distrito. Não há registros de datas e há dúvidas se a remoção aconteceu nos governos de Carlos Queiroz ou Onofre Rosa de Oliveira.
Anos depois, um ato de vandalismo destruiu quase toda a peça. Quebrados durante a comemoração de uma vitória eleitoral, o anjo e a bacia de água desapareceram. A base foi abandonada num terreno de Sodrélia até que o grupo de amigos a encontrou e resolveu restaurá-la. O trabalho minucioso de recuperação, que começou antes da pandemia, coube à artista Flávia Soares, experiente em restauração de imagens sacras.
Foi um trabalho demorado, uma vez que Flávia precisava viajar até Sodrélia porque a peça é muito pesada e não podia ser transportada. Vinícius, que mora há seis anos no distrito desde que conheceu a mulher Cláudia, começou a “garimpar” imagens de anjos e bacias na internet.
Descobriu uma quase idêntica, mas que já havia sido leiloada. Até que bateu martelo ao encontrar uma estátua de um anjo que lembra a original. A bacia também é menor e diferente da original, mas foi o que os amigos encontraram.

 

Ao fundo da fonte, a avenida ganhará canteiros mais largos e um deck de madeira com mesas e bancos

Mauro Mioto mora há 11 anos no distrito e tem um carinho especial pela praça que, aliás, foi batizada recentemente com o nome do pai, Guerino Mioto. Foi Mauro quem retirou a terra que há anos cobria a fonte e projetou ladrilhos e porcelanatos para as paredes da fonte.
Há uma semana, a peça foi erguida no meio da fonte depois de décadas. “Nós tentamos aproximar ao máximo do original, mas as peças são difíceis de encontrar. No entanto, o sentimento é de um dever histórico cumprido”, disse Vinícius.
Além da restauração, a fonte receberá energia para a instalação de uma bomba que vai acionar a água no meio da peça através de canos já implantados. O objetivo é fazer jorrar novamente a água pela boca dos peixes entalhados na base, ao lado de tridentes que lembram Netuno, o antigo deus do mar na mitologia romana.
Mas não é só. O prefeito Diego Singolani (PSD) também resolveu apoiar a iniciativa e determinou ao secretário de Desenvolvimento Econômico e Turístico, Gerson Garcia, um projeto de revitalização de todo o espaço.

A base do monumento original da fonte, na praça de Sodrélia, foi restaurado pela artista Flávia Soares


Na semana passada, Gerson explicou que a quadra da avenida em frente à fonte terá o canteiro central ampliado para a construção de um “deck de madeira”, onde serão instaladas mesas e cadeiras e enormes guarda-sóis. A reforma, segundo Gerson, vai atrair moradores de Santa Cruz e ciclistas que costumam pedalar até o distrito de Sodrélia. “Será um recanto turístico para fomentar o comércio nas imediações, como bares e lanchonetes”, disse o secretário.
Aliás, é também a aposta da comerciante Ana Maria de Farias, 57, nascida em Sodrélia e dona de um estabelecimento comercial em frente à praça, que já foi comandado pelo pai. “Eu me lembro quando havia o monumento original. Não tinha asfalto e as crianças brincavam neste espaço. Esta revitalização é muito importante e acredito muito na vinda de pessoas de fora”, disse.
A instalação da peça na fonte de Sodrélia já é um “aperitivo”. Segundo Vinícius, várias pessoas de outras cidades estão tirando fotos do local. “Uma delas disse que mostraria ao pai, que morou no distrito e hoje está em São Paulo. É uma cena que transborda muito saudosismo”, disse Cassiolato.

PUBLICIDADE

SANTA CRUZ DO RIO PARDO

Previsão do tempo para: Segunda

Períodos nublados
24ºC máx
13ºC min

Durante todo o dia Céu limpo

COMPRA

R$ 5,23

VENDA

R$ 5,23

MÁXIMO

R$ 5,28

MÍNIMO

R$ 5,20

COMPRA

R$ 5,10

VENDA

R$ 5,41

MÁXIMO

R$ 5,29

MÍNIMO

R$ 5,23

COMPRA

R$ 5,53

VENDA

R$ 5,54

MÁXIMO

R$ 5,57

MÍNIMO

R$ 5,51

PUBLICIDADE

voltar ao topo

Voltar ao topo