REGIONAL

Pocay usa Covid para defender permanência de 94 cargos ilegais na gestão

Pocay usa Covid para defender permanência de 94 cargos ilegais na gestão

O prefeito Lucas Pocay (PSD)

Publicado em: 05 de junho de 2021 às 01:44
Atualizado em: 05 de junho de 2021 às 01:46

O prefeito de Ourinhos Lucas Pocay (PSD) se apoiou na pandemia da Covid-19 para defender a permanência de 94 cargos julgados ilegais pelo Tribunal de Justiça de São Paulo no final de abril.

Em embargos de declaração protocolados há duas semanas, o prefeito afirma que demitir 59% dos cargos em comissão declarados ilegais geraria um “prejuízo incalculável” para o combate à pandemia.

Para Pocay, demitir cargos como “Diretor da Rodoviária”, “Diretor da Gestão de Contratos”, “Diretor de Gestão Administrativa”, “Diretor de Medicamentos”, “Diretor de Análise Operacional”, “Diretor Operacional”, “Diretor do Aeroporto”, “Diretor de Imprensa”, “Diretor de Mídias Sociais” e “Diretor de Relações Públicas” geraria prejuízo no combate à Covid-19.

Ele pede, entre outras coisas, para postergar a extinção dos cargos, determinada pelo TJ, até 1º de janeiro de 2022.

PUBLICIDADE

SANTA CRUZ DO RIO PARDO

Previsão do tempo para: Quinta

Períodos nublados
22ºC máx
12ºC min

Durante todo o dia Céu limpo

COMPRA

R$ 5,05

VENDA

R$ 5,06

MÁXIMO

R$ 5,06

MÍNIMO

R$ 5,06

COMPRA

R$ 5,29

VENDA

R$ 5,62

MÁXIMO

R$ 5,46

MÍNIMO

R$ 5,46

COMPRA

R$ 6,07

VENDA

R$ 6,07

MÁXIMO

R$ 6,07

MÍNIMO

R$ 6,06

PUBLICIDADE

voltar ao topo

Voltar ao topo