REGIONAL

Ponte pênsil é reinaugurada em Chavantes

Histórica, ponte foi incendiada em 2020, num crime que não chegou a ser desvendado; estrutura foi construída em 1920

Ponte pênsil é reinaugurada em Chavantes

Autoridades, entre elas o prefeito Burguinha e o deputado Madalena, durante reinauguração da ponte

Publicado em: 28 de outubro de 2023 às 17:45

A ponte pênsil “Alves de Lima”, na divisa entre Chavantes/SP e Ribeirão Claro/PR, foi reinaugurada na manhã de sexta-feira, 20. Tombada pelo patrimônio histórico, ela foi alvo de um incêndio criminoso em 2020, quando parte de sua estrutura foi totalmente queimada. A ponte pênsil é uma das três existentes no Brasil que foram construídas no próprio País e a única que mantém estruturas de madeira.

A reforma foi bancada pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem) do governo de São Paulo e custou R$ 6 milhões. O deputado santa-cruzense Ricardo Madalena (PL), que participou da solenidade em Chavantes, atuou junto ao governo paulista para custear a reforma. “Recuperamos uma parte da nossa história”, comemorou o parlamentar.

O prefeito de Chavantes, Márcio Burguinha, disse que a ponte “Alves de Lima” é um símbolo de resistência do povo paulista, uma vez que já foi destruída por revoluções.

De fato, a ponte pênsil que liga São Paulo ao Paraná e que foi construída em 1920 já foi destruída totalmente três vezes. Em 1924, durante a Revolução Paulista, toda a estrutura afundou com bombas e fogo disparados pela tropa do capitão Alberto Costa. A ponte foi reconstruída e entregue ao público em 1928.

Em 1932, durante a Revolução Constitucionalista, as tropas gaúchas de Getúlio Vargas cercaram os paulistas na ponte, obrigando-os a recuar. Para impedir a passagem dos sulistas, os constitucionalistas dinamitaram a ponte. Ela só viria a ser reconstruída em 1936.

Em 1983, a maior enchente da história em toda a região destruiu novamente a ponte. Dois anos depois, graças ao empenho do então governador Franco Montoro, a estrutura estava novamente em pé. Foi nesta época que o governo paulista, através do Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado) aprovou o tombamento histórico da ponte.

PUBLICIDADE

SANTA CRUZ DO RIO PARDO

Previsão do tempo para: Terça

Períodos nublados
30ºC máx
17ºC min

Durante todo o dia Céu limpo

COMPRA

R$ 5,39

VENDA

R$ 5,39

MÁXIMO

R$ 5,39

MÍNIMO

R$ 5,39

COMPRA

R$ 5,26

VENDA

R$ 5,58

MÁXIMO

R$ 5,42

MÍNIMO

R$ 5,42

COMPRA

R$ 5,80

VENDA

R$ 5,85

MÁXIMO

R$ 5,83

MÍNIMO

R$ 5,79

PUBLICIDADE

voltar ao topo

Voltar ao topo