REGIONAL

Primeiro bispo negro de São Paulo é o titular da diocese de Ourinhos

Dom Eduardo Vieira será bispo de Ourinhos a partir do dia 3 de julho

Primeiro bispo negro  de São Paulo é o titular da diocese de Ourinhos

O bispo Dom Eduardo Vieira (à esquerda, em destaque), que assume a diocese a partir do dia 3

Publicado em: 22 de maio de 2021 às 00:40
Atualizado em: 22 de maio de 2021 às 19:53

Sérgio Fleury Moraes

O papa Francisco nomeou Dom Eduardo Vieira dos Santos para ser o novo bispo da Diocese de Ourinhos a partir de junho. Ele vai substituir Dom Salvador Paruzzo, que renunciou no ano passado quando completou 75 anos de idade, conforme estipula as regras da Igreja Católica. Dom Eduardo foi ordenado em 2015 e, na época, era o primeiro bispo negro do Estado de São Paulo. Ele é mestre em Direito Canônico pela Pontifícia Universidade Lateranense de Roma.

O novo bispo de Ourinhos nasceu em Bom Sucesso-PR e tem 56 anos. Dom Eduardo Vieira dos Santos tem um perfil mais progressista do que seu antecessor. Em julho do ano passado assinou a “Carta ao Povo de Deus”, um manifesto de 150 bispos e alguns padres do Brasil com duras críticas ao governo do presidente Jair Bolsonaro. No texto, os religiosos dizem que estão “em profunda comunhão com o papa Francisco”, enfatizam que o Brasil “atravessa um dos períodos mais difíceis de sua história” e afirmam que “os desmandos do governo federal não justificam a inércia e a omissão no combate às malezas que se abateram sobre o povo brasileiro”.

Quando endossou o manifesto, dom Eduardo era bispo auxiliar de São Paulo, nomeado pelo papa Francisco. Até então, era chanceler da Catedral da Sé.

Eduardo Vieira foi ordenado sacerdote em 2000 e foi pároco da Paróquia São João Gualberto, na região da Lapa, em São Paulo. Em 2005 foi o coordenador da Campanha da Fraternidade da Região Episcopal Lapa.

Em 2008 ele foi vigário paroquial da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, no bairro paulistano de Pirituba, além de chanceler ao Arcebispado de São Paulo. No mesmo ano e até 2013, dom Eduardo foi vice-reitor do Seminário de Teologia Bom Pastor, da Arquidiocese de São Paulo. Neste último ano, foi nomeado cura da Catedral Metropolitana Nossa Senhora da Assunção e São Paulo Apostólico.

 

O novo bispo de Ourinhos fez bacharelado e licenciatura em Filosofia pela PUC-SP e graduou-se em Teologia pelo Instituto Teológico Pio XI, também da capital. Ele conseguiu o mestrado em Roma. Até o próximo dia 3, quando assume oficialmente a Diocese de Ourinhos, dom Eduardo é o vigário episcopal da Arquidiocese de São Paulo. Ele também possui o título de monsenhor.

O religioso sempre se destacou pela defesa dos mais oprimidos e é considerado um batalhador intransigente a favor da paz. “Rezemos por um mundo sem violências, sem injustiças, sem ódio e sem morte”, escreveu no jornal católico “O São Paulo” em 2017.

Dom Salvador Paruzzo, que renunciou no ano passado ao completar 75 anos, terá o título de bispo-emérito. Nascido na Itália, o bispo foi o primeiro titular da Diocese de Ourinhos, cujo território foi desmembrado da Arquidiocese de Botucatu e das dioceses de Assis e Itapeva por decisão do papa João Paulo II.

A CNBB — Conferência Nacional dos Bispos do Brasil — publicou uma carta assinada pelo seu presidente dom Walmor Oliveira de Azevedo, além dos vices e do secretário-geral, agradecendo o trabalho de dom Salvador Peruzzo na região de Ourinhos durante os últimos 22 anos. “Que essa mesma força e disponibilidade de cumprir a vontade do Senhor possam acompanhá-lo agora em sua emeritude”, diz o final do texto.  

PUBLICIDADE

SANTA CRUZ DO RIO PARDO

Previsão do tempo para: Quinta

Períodos nublados
22ºC máx
12ºC min

Durante todo o dia Céu limpo

COMPRA

R$ 5,05

VENDA

R$ 5,06

MÁXIMO

R$ 5,06

MÍNIMO

R$ 5,06

COMPRA

R$ 5,29

VENDA

R$ 5,62

MÁXIMO

R$ 5,46

MÍNIMO

R$ 5,46

COMPRA

R$ 6,07

VENDA

R$ 6,07

MÁXIMO

R$ 6,07

MÍNIMO

R$ 6,06

PUBLICIDADE

voltar ao topo

Voltar ao topo